Jó e a Inescrutável Sabedoria de Deus

A sabedoria de Deus é inescrutável. Isso porque Deus não é apenas sábio, mas é todo-sábio. Dessa forma, podemos entender que Deus é a própria fonte da sabedoria. Do primeiro ao último livro da Bíblia encontramos inúmeras passagens que falam sobre a inescrutável sabedoria de Deus. Na verdade, a própria Bíblia, toda ela, é um testemunho da sabedoria de Deus, visto que ela é a verdadeira, infalível e suficiente Palavra de Deus.

A inescrutável sabedoria de Deus é um de seus atributos. O Deus que é onisciente é também infinitamente sábio. Então seguramente podemos entender que Ele jamais erra, Ele nunca toma decisões insensatas, e jamais Ele se comporta de forma reprovável. Sua sabedoria é mais do que suficiente para sustentar o universo e para governar a história. Deus conhece todas as coisas, inclusive todas as possibilidades e o resultado e desdobramentos de cada uma delas.

O livro de Jó e a inescrutável sabedoria de Deus

No Antigo Testamento há uma coleção de livros que é chamada de “literatura de sabedoria”. Entre esses livros está o livro de Jó. O livro de Jó é um dos livros bíblicos que mostram de forma mais clara a pequenez e insensatez humanas diante da inescrutável sabedoria de Deus. O livro de Jó narra a história de um homem fiel e temente a Deus, mas que de repente foi acometido por grandes calamidades.

Então após perder absolutamente tudo o que tinha, e seus amigos começaram a refletir sobre a questão do sofrimento. Os amigos de Jó se limitaram a dizer que todo sofrimento é resultado de uma vida pecaminosa e impenitente. Jó, por sua vez, tentou se defender das acusações de seus amigos dizendo que aquele não era seu caso, mas ele também não foi capaz de explicar por que ele estava sofrendo tanto.

Nesse processo, os amigos de Jó, que se julgavam muito sábios, falaram loucuras; e Jó, por sua vez, falou de coisas que não sabia. Todos eles falharam em simplesmente admirar a inescrutável sabedoria de Deus no governo de todas as coisas, inclusive do sofrimento.

Uma sabedoria inescrutável

O capítulo 28 do livro de Jó enfoca muito bem a questão da inescrutável sabedoria de Deus. O capítulo traz uma pergunta central: “Mas onde se achará a sabedoria?” (Jó 28:12). Então o texto bíblico mostra que apesar de seus muitos empreendimentos, o homem não é capaz de, por seus próprios esforços, obter a verdadeira sabedoria (Jó 28:1-21). E o mesmo texto bíblico mostra os motivos para isso.

Em primeiro lugar, o texto mostra que Deus é a fonte da verdadeira sabedoria. Por isso a sabedoria de Deus está além da compreensão humana. Jó e seus amigos exploraram através de longos debates a questão da sabedoria de Deus, mas não conseguiram nem chegar perto de entendê-la. Então o texto bíblico mostra que no caso do sofrimento do justo – como o de Jó –, o raciocínio humano é incapaz de explicar o sofrimento, pois as respostas para essa questão estão na inescrutável sabedoria de Deus.

Em segundo lugar, o texto bíblico mostra que como a sabedoria de Deus é inescrutável, o homem só tem acesso a ela se o próprio Deus a revelar a ele (Deuteronômio 29:29). Portanto, o próprio Deus é a fonte da verdadeira sabedoria.

Receber Estudos da Bíblia

Como ter acesso à sabedoria de Deus?

Se a verdadeira sabedoria é dom de Deus, obviamente só podemos ter acesso a ela se Deus a comunicar conosco. A sabedoria de Deus jamais pode ser obtida através do conhecimento natural ou teórico. Não importa o quanto os homens se esforcem, eles nunca conseguirão alcançar a verdadeira sabedoria de Deus por seus próprios empreendimentos. Inclusive, o texto bíblico enfatiza que a sabedoria de Deus não pode ser comprada por preço algum (Jó 28:15-19).

Esse princípio está de acordo com o restante do ensino bíblico sobre esse assunto. Inclusive, o Novo Testamento nos ensina que o homem não regenerado considera a sabedoria de Deus como loucura (1 Coríntios 2:14). Além disso, do coração decaído do homem só pode brotar um tipo de sabedoria maligna. Já a verdadeira sabedoria, no entanto, não é algo que nasce da habilidade humana, mas vem do alto (Tiago 3:14-17).

É por isso que o mesmo capítulo 28 do livro de Jó termina respondendo àquela pergunta: “Mas onde se achará sabedoria?” (Jó 28:12). E a resposta é muito clara: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e o apartar-se do mal é o entendimento” (Jó 28:28).

A boa notícia é que a sabedoria é um atributo comunicável de Deus. Como o próprio Deus é a fonte da verdadeira sabedoria, Ele pode implantar princípios dessa sabedoria em nossos corações. Obviamente que o fato de Deus comunicar de sua sabedoria conosco, não nos torna conhecedores de toda a sabedoria de Deus. A infinita sabedoria de Deus sempre permanecerá inescrutável.

Mas através de sua Palavra, Deus comunica certa medida de sua sabedoria conosco, fazendo-nos sábios. Os crentes são convidados a orar a Deus pedindo que Ele ilumine suas mentes para que eles possam ser sábios (Tiago 1:5).

De fato, a inescrutável sabedoria de Deus sempre será um mistério para nós, mas mesmo nas questões que não temos acesso podemos saber que cabe a nós simplesmente reverenciar a Deus e se desviar do mal. Nós devemos ter a plena certeza de que o nosso Deus é inteiramente sábio; Ele conhece coisas das quais não sabemos, e por isso devemos confiar n’Ele e obedecê-lo, pois, Ele sempre agirá de acordo com o bom propósito de sua sabedoria.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar