O Que Significa Inveja na Bíblia?

Inveja significa um descontentamento ou desejo profundo por aquilo que pertence a outros. A inveja na Bíblia é classificada como uma das obras da carne. Os textos bíblicos não deixam dúvida de que a inveja é um perigoso pecado de ordem social.

A palavra portuguesa “inveja” vem do latim invidea que significa “olhar contra”, no sentido de olhar com intenção maliciosa para alguém por causa do que a pessoa é ou possui. Essa palavra é usada na Bíblia para traduzir termos originais no hebraico e no grego.

No Antigo Testamento, a palavra “inveja” traduz em alguns textos o hebraico qin’ah. Esse termo possui um significado amplo, mas quando aplicado em referência a um sentimento, transmite a ideia de um intenso “ardor emocional”.

Algumas vezes esse mesmo termo hebraico é traduzido pela palavra “ciúme”. Mas isso não quer dizer que ciúme e inveja são sinônimos. O ciúme tem mais a ver com o medo de alguém perder aquilo que possui; enquanto a inveja está mais relacionada ao rancor de alguém pelo fato de outras pessoas possuírem aquilo que ele não possui. Por isso os intérpretes bíblicos falam do ciúme na Bíblia tanto de forma positiva quanto negativa. Na forma negativa, o ciúme e a inveja se aproximam e denotam o mesmo tipo de pecado.

No Novo Testamento a principal palavra traduzida como “inveja” é o grego phthonos que vem de uma raiz cujo significado pode indicar um comportamento destrutivo. Isso significa que no vocábulo grego, a inveja é aquele tipo de sentimento que leva alguém a consumir-se.

Exemplos de inveja na Bíblia

A Bíblia mostra pessoas envolvidas pela inveja desde o começa da história humana. Podemos dizer que a inveja teve papel importante na Queda do Homem. Quando Eva foi tentada a desobedecer a Deus, o inimigo disse que se ela e Adão comecem do fruto da árvore do bem e do mal, eles poderiam ser “como Deus” (Gênesis 3:5). Em outras palavras, basicamente o primeiro casal sentiu inveja do próprio Deus e tentou usurpar o Seu lugar.

A inveja também esteve por de trás do primeiro assassinato. Caim foi dominado pela inveja e acabou tirando a vida de seu próprio irmão (Gênesis 4:5). A Bíblia também registra como Raquel, esposa de Jacó, teve inveja de sua irmã por não poder engravidar. Mais tarde, ainda na família de Jacó, a inveja levou os irmãos de José a desejarem sua morte e depois vendê-lo covardemente aos mercadores (Gênesis 37:11).

No tempo da peregrinação de Israel depois de sair do Egito, alguns israelitas liderados por Corá, Datã e Abirão, invejosamente se rebelaram contra Moisés e Arão e foram alvos do juízo de Deus (Números 16-17; Salmo 106:16). Um dos principais exemplos de pessoa invejosa na Bíblia é o rei Saul. Por inveja ele perseguiu e tentou matar a Davi (1 Samuel 18).

Já no Novo Testamento, encontramos na pessoa do filho mais velho da Parábola do Filho Pródigo o mau exemplo de alguém invejoso que não se alegrou com a restauração de seu irmão e não soube desfrutar da presença do próprio pai. Também no Novo Testamento, vemos que a inveja instigou as acusações dos líderes judeus contra Jesus que o levaram à crucificação (Mateus 27:18; Marcos 15:10).

Receber Estudos da Bíblia

O que a inveja faz?

A inveja consome pessoas e impossibilita relacionamentos. William Hendriksen acerta ao dizer que a inveja é um dos vícios mais destrutivos da alma. Salomão definiu muito bem o perigo da inveja e o que ela faz: “O coração com saúde é a vida da carne, mas a inveja é a podridão dos ossos” (Provérbios 14:30). Ainda no livro de Provérbios lemos sobre o poder devastador da inveja: “Cruel é o furor e a impetuosa ira, mas quem parará perante a inveja?” (Provérbios 27:4).

Os cristãos são exortados na Bíblia a não se entregarem à inveja (Romanos 13:13; 2 Coríntios 12:20). A inveja é uma obra da carne; é um vício característico de uma vida não regenerada (cf. Romanos 1:29; 1 Coríntios 3:3Gálatas 5:21; 1 Timóteo 6:4; Tito 3:3).

A inveja jamais deve ser tolerada na Igreja, pois ela é uma ameaça à unidade cristã. Por isso Tiago escreve: “Quem dentre vós é sábio e inteligente? Mostre, pelo seu bom trato, as suas obras em mansidão de sabedoria. Mas, se tendes amarga inveja e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque, onde há inveja e espírito faccioso, aí há perturbação e toda obra perversa” (Tiago 3:13-16).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar