Lição 13: Sobre a Família e a Sua Natureza

Sobre a Família e a Sua Natureza é o tema da lição 13 das Lições Bíblicas CPAD do 3º trimestre de 2017 para a Escola Bíblica Dominical. Nesta lição estudaremos o que a Bíblia diz sobre a constituição da família.

Texto Áureo para a Lição 13: Gênesis 2:24

Leitura Bíblica em Classe para a Lição 13: Gênesis 2:18-24

Sobre a Família e a Sua Natureza: Introdução

Lições Bíblicas 3º Trimestre de 2017 – Escola Bíblica Dominical

A importância da família é destacada por toda a Bíblia. Infelizmente estamos vivendo dias em que os valores estão sendo invertidos. O que é correto e moral parece que está se tornando sinônimo de inadequado, enquanto que aquilo que é errado e deveria ser reprovado, está sendo cada vez admirado por uma sociedade corrupta.

Receber Estudos da Bíblia

Todavia, as verdades bíblicas sobre a família e sua natureza são irrevogáveis e permanecem válidas independentemente do comportamento pecaminoso do homem. Saiba mais sobre o que é o pecado.

Sobre a Família e a Sua Natureza: A Origem

Após a criação do homem, Deus logo lhe providenciou também uma auxiliadora na pessoa da mulher. O texto Bíblico destaca o propósito de Deus sobre isto, ao dizer: “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele” (Gênesis 2:18).

Depois, Deus abençoou aquele primeiro casal e lhe disse para ser fértil e multiplicar-se (Gênesis 1:28). Portanto, o próprio Deus foi quem instituiu a família sobre a base do casamento, onde o homem e a mulher unem-se tornando uma só carne, para que vivam juntos em plena comunhão (Gênesis 2:24).

Sobre a Família e a Sua Natureza: A Família

A família é retratada na Bíblia do Antigo ao Novo Testamento. O núcleo familiar no Antigo Oriente ou na sociedade judaica era composto primeiramente pelo casal unido em laços de casamento e seus filhos.

Também era comum que outros membros que possuíam alguma ligação por laços de sangue pertencessem à unidade familiar. Além disso, também eram considerados em certos aspectos como pertencentes à determinada casa, os servos contratados, os escravos e até as concubinas.

O pai exercia a autoridade familiar de maneira quase que absoluta, de modo que ele era quem tinha o dever de liderar a família em todos os aspectos. A mãe, por outro lado, também desempenhava um papel fundamental dentro do núcleo familiar, especialmente influenciando, aconselhando e confortando seus filhos ou mesmo seu marido em determinadas situações (cf. Gênesis 27:11-17; Isaías 49:15; 66:13).

No Novo Testamento, o apóstolo Paulo escreve um dos textos mais conhecidos sobre este assunto (Efésios 5:18-6:4), expondo as bases gerais que norteiam a família segundo os padrões bíblicos, tratando não apenas do relacionamento entre marido e mulher, mas também entre pais e filhos.

Sobre a Família e a Sua Natureza: Princípios Básicos

A Bíblia estabelece os princípios e bases da vida familiar:

  • Casamento: é a base fundamental da família. Já falamos que foi o próprio Deus que o estabeleceu (Gênesis 2:18-25).
  • Monogamia: o propósito de Deus para o casamento e a constituição familiar é a de que o homem tenha uma única esposa, e a mulher um único marido (Gênesis 2:24; cf. 1 Coríntios 7:2; 1 Timóteo 3:2).
  • Heterossexualidade: a família conforme instituída por Deus tem em sua base o matrimônio entre homem e mulher, que se unem tanto fisicamente quanto emocionalmente, formando uma nova unidade social (Gênesis 2:24). Qualquer desvio desse padrão estabelecido por Deus é reprovado pelas Escrituras e tratado como uma prática contrária à natureza (Levítico 20; Romanos 1:24-27; 1 Coríntios 6:9).
  • Indissolubilidade: o propósito de Deus para o casamento é que ele seja indissolúvel, no sentido de que dure até a morte de um dos cônjuges (Mateus 19:6; Romanos 7:3). No entanto, por conta do pecado, a Bíblia também aponta para dois casos em que a unidade conjugal é quebrada: a infidelidade (Mateus 5:32; 19:9) e a deserção obstinada do cônjuge descrente (1 Coríntios 7:15).

Sobre a Família e a Sua Natureza: O Desafio da Igreja e Conclusão

O papel da Igreja com relação aos princípios bíblicos sobre a família e sua natureza, é defender a verdadeira doutrina bíblica frente a qualquer tipo de oposição. A Bíblia é bastante clara ao afirmar a importância da família tanto para nossa própria vida pessoal quanto a vida da própria Igreja cristã.

Infelizmente muitos pastores, líderes e denominações têm abraçado e aceitado os conceitos mundanos que afrontam o propósito de Deus para a família. Quando chega a este ponto, o problema não é apenas a negação dos princípios bíblicos sobre a família e sua natureza, mas a negação e rejeição da própria Bíblia como inspirada, infalível, inerrante e autoritativa. Saiba mais sobre o que é a Bíblia.

Tag
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close