O Que Significa: “Vá e Não Peques Mais”?

A declaração de Jesus: “Vá e não peques mais” é uma exortação para que a pessoa abandone sua vida de pecado. Ninguém pode pertencer ao Reino de Deus tendo o pecado como o seu padrão de vida. Aqueles que seguem a Cristo são chamados a ter uma vida de vitória sobre o pecado.

O Evangelho de João registra o episódio em que os escribas e fariseus trouxeram uma mulher adúltera perante Ele. Aquelas pessoas queriam testar Jesus quanto ao fato de que a Lei de Moisés estabelecia que a punição para o adultério era a morte. Mas Jesus mostrou que aqueles homens estavam desqualificados para serem juízes daquela mulher. Então quando não restou mais nenhum acusador contra àquela mulher, Jesus disse a ela que também não a condenava, mas deixou a exortação final: “Vá e não peques mais” (João 8:11).

Antes disso, em outra ocasião, Jesus já havia dito algo parecido. Depois de ter curado um paralítico no Tanque de Betesda, Jesus disse ao homem: “Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior” (João 5:14). Nessa declaração Jesus não afirmou que toda doença está relacionada a um pecado específico; mas que uma vida de pecado sem dúvida traz consequências muito graves.

Vá e não peques mais

Algumas pessoas contestam essas palavras do Senhor Jesus. Segundo elas, ao dizer: “Vai e não peques mais”, Jesus fez um pedido impossível de ser atendido; já que ninguém é capaz de deixar de pecar completamente.

Para responder a esse questionamento, algumas sugestões são apresentadas. Talvez a sugestão mais popular seja aquela que diz que no caso da mulher adúltera, por exemplo, a exortação: “Vá e não peques mais” significava que ela não deveria mais se envolver com o pecado de adultério. Em outras palavras, Jesus não estava pedindo que aquela mulher jamais caísse em qualquer tipo de pecado, mas que ela jamais caísse naquele pecado específico, o adultério.

Essa sugestão até faz sentido e se adequa muito bem ao contexto da passagem bíblica. Mas também é possível que a exortação de Jesus tivesse um caráter mais abrangente e cobrisse todo e qualquer tipo de pecado deliberado. No caso do homem aleijado no Tanque de Betesda, a narrativa bíblica não conecta sua história a algum pecado específico; e mesmo assim ele ouviu de Jesus uma exortação muito parecida àquela dita à mulher adúltera.

Além disso, essa exortação serve para todo cristão, ou seja, de fato a instrução: “Vá e não peques mais” é um princípio válido para a vida cristã. Mas então temos de admitir que nessa exortação Jesus exige algo impossível de ser atendido? Em que sentido podemos obedecer corretamente a essa exortação do Senhor Jesus?

Receber Estudos da Bíblia

Vá e não peques mais: uma vida livre do poder do pecado

Sabemos que a Bíblia afirma que é impossível que alguém deixe de pecar completamente nesta vida terrena. O apóstolo João escreve que se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós (1 João 1:8). Mas João vai ainda mais além e diz que se afirmamos que não pecamos, fazemos de Deus mentiroso e sua Palavra não está em nós (1 João 1:10). Até porque a Palavra de Deus declara que, de fato, somos pecadores.

Por outro lado, o mesmo apóstolo escreve que aquele que é nascido de Deus não comete pecado (1 João 3:9). Então a questão aqui é que sem dúvida a Bíblia deixa muito claro que o pecado é algo contrário à vontade de Deus. Não é a vontade de Deus que os homens pequem. De acordo com a Bíblia, a vontade preceptiva de Deus para nós é a nossa santificação (1 Tessalonicenses 4:3).

E a doutrina da santificação é justamente a base que podemos usar para aplicarmos em nossas vidas a exortação de Jesus: “Vá e não peques mais”. Essa doutrina bíblica nos ensina que pela obra de Cristo, já fomos libertos da culpa do pecado. Embora sejamos pecadores, somos também justificados, pois a justiça de Cristo nos foi imputada.

Então uma vez que não estamos mais sob a culpa do pecado, agora podemos experimentar também a libertação do poder do pecado pela ação do Espírito Santo em nós. O Espírito Santo nos capacita e nos guia a um modo de vida que agrada a Deus. Nesse ponto somos habilitados a ouvir e a obedecer a exortação de Jesus: “Vá e não peques mais”, não porque alcançamos um nível de perfeição absoluta na qual jamais pecamos, mas porque o pecado não é mais aquilo que nos define. O pecado na vida do crente é um acidente de percurso, e não o padrão que caracteriza sua vida.

Então podemos cumprir a exortação de Jesus: “Vá e não peques mais” quando não vivemos mais uma vida de pecado, mas uma vida de santificação; até que venha o dia em que ficaremos definitivamente livres da presença do pecado ao recebermos um corpo glorioso por ocasião da volta do Senhor Jesus Cristo.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar