Qual o Significado de “Veredas da Justiça” na Bíblia?

As veredas da justiça significam os caminhos retos através dos quais o Senhor, como o Bom Pastor, conduz o seu rebanho. As veredas são trilhas ou caminhos costumeiros, isto é, estradas percorridas com freqüência. Por vezes as veredas são usadas na Bíblia como figuras para indicar os caminhos do Senhor trilhados pelos santos.

Uma das referências bíblicas mais conhecidas que aplicam as veredas como figura de linguagem é justamente o salmo mais conhecido da Bíblia – o Salmo 23. Nele, o salmista Davi escreve: “Refrigera-me a alma; guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome” (Salmo 23:3).

O pano de fundo da declaração do salmista ao falar das “veredas da justiça” é a atividade pastoril. Ele apresenta o cuidado do Senhor para com seu povo na figura do pastor que apascenta cuidadosamente seu rebanho, de modo que nada falte às suas ovelhas. Por isso ele diz: O Senhor é o meu Pastor; nada me faltará (Salmos 23:1).

Guia-me pelas veredas da justiça

Os estudiosos explicam a expressão hebraica traduzida por “veredas da justiça” de diferentes formas. Alguns dizem que essa expressão quer dizer “veredas retas” no sentido de caminhos planos e acessíveis. Outros admitem esse sentido, mas enfatizam mais a ideia de “caminhos certos e conhecidos”.

Considerando a metáfora do pastoreio, sabemos que as ovelhas são animais que facilmente se envolvem em problemas. Muitas vezes as ovelhas são animais teimosos e curiosos que gostam de explorar novos caminhos. Então a figura do pastor é essencial para conduzir e manter o rebanho nos caminhos corretos nos quais as ovelhas podem andar com segurança.

Aqui também não podemos nos esquecer de que antes de falar que o Senhor é o Pastor que guia suas ovelhas pelas veredas da justiça, Davi diz que o Senhor faz com que suas ovelhas repousem em pastos verdejantes, as conduz às águas tranquilas, e as restaura quando preciso for (Salmos 23:2,3). Obviamente tudo isso indica como o Senhor cuida providencialmente e amorosamente do seu rebanho.

Mas aplicando essa metáfora ao povo de Deus, parece óbvio que a expressão “veredas da justiça” também implica num conteúdo moral. Se por um lado é verdade que o Senhor cuida e sustenta do seu povo, guardando-o de tudo que lhe é prejudicial de modo que ele possa caminhar por veredas retas e confortáveis; por outro lado, como diz John Gill, o Senhor lidera o seu povo pelas veredas claras da verdade e santidade, nas quais os homens, embora muitas vezes tolos, não cometerão erros.

Charles Spurgeon ainda destaca o uso do plural – “veredas da justiça” – para dizer que o cristão não é obediente a alguns mandamentos do Senhor e negligente a outros, mas ele cede a todos. O verdadeiro cristão se deleita em ser conduzido em todas as veredas do Senhor.

Receber Estudos da Bíblia

Por amor do seu nome

O salmista Davi não apenas diz que o Senhor guia seu rebanho pelas veredas da justiça, mas diz que isso acontece “por amor do seu nome”. A base absoluta para o cuidado do Senhor com seu povo é, antes de tudo, o seu compromisso com seu próprio nome.

Como diz John Wesley, isso significa que a benevolência de Deus não se deve a qualquer valor que há em nós, mas à glória de sua justiça, fidelidade e bondade. Isso quer dizer que a benevolência do Senhor é livre e soberana, e não há qualquer mérito nos homens que são alvos do cuidado divino. Todas as dádivas do Senhor para nós são, em última análise, para sua própria glória e louvor de sua graça.

Inclusive, através do profeta Ezequiel o Senhor deixa claro que para manter a reputação de seu santo nome, Ele transforma e purifica o seu povo, fazendo-o andar em seus justos caminhos (Ezequiel 36:22-32).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar