O Que é a Ilha de Patmos? Onde Fica Patmos?

A Ilha de Patmos é o local onde no final do primeiro século o apóstolo João recebeu as revelações do livro do Apocalipse. Muitas histórias são contatas sobre a Ilha de Patmos, mas nem todas podem ser comprovadas. Na verdade algumas delas não passam de pura ficção sem fundamentação algum. Neste estudo bíblico veremos tudo o que realmente se sabe sobre a Ilha de Patmos.

Onde fica a Ilha de Patmos?

A Ilha de Patmos (grego Πάτμος) esta localizada na extremidade leste do no Mar Egeu. Ela é uma das ilhas que compõe o arquipélago grego do Dodecaneso, que significa “doze ilhas”. A Ilha de Patmos fica por volta de 55 Km da costa sudoeste da Turquia. Essa região era conhecida como Ásia Menor no tempo dos apóstolos.

A Ilha de Patmos tem cerca de 13 Km de comprimento e uma largura com cerca de 7 Km. Essa dimensão lhe confere uma área total de 35 Km². No senso de 2002, a população de Patmos era de 2.700 habitantes.

O formato da Ilha de Patmos lembra uma “meia lua”. Patmos é dividida em duas partes praticamente iguais, que são unidas por um istmo. O istmo é um estreito de terra cercado por águas de ambos os lados que une duas grandes porções de terra. Em decorrência de seu formato, a Ilha de Patmos possui uma baia protegida no lado leste do istmo.

A geografia da ilha é caracterizada por seu aspecto vulcânico, com vegetação típica dessas condições. As colinas vulcânicas da Ilha de Patmos possuem em média 250 metros de altura, sendo que o monte mais alto tem 269 metros.

A Ilha de Patmos no tempo do Império Romano

Algumas pessoas imaginam a Ilha de Patmos como um lugar completamente deserto e isolado na época dos apóstolos, sob o regime do Império Romano. Mas a verdade é que Patmos era uma ilha-prisão utilizada pelos romanos, e que apresentava até certo movimento naqueles dias. Evidências arqueológicas mostram que a Ilha de Patmos já era habitada antes do Império Romano. Tudo indica que na ilha existiam vilarejos e até mesmo um possível templo pagão.

Alguns defendem que só eram mandados para a Ilha de Patmos os prisioneiros mais perigosos. Nesse caso a ilha serviria como um tipo de prisão de segurança máxima da época. No entanto, não existe base suficiente que comprove essa condição. Outra afirmação comum é que os prisioneiros da Ilha de Patmos eram submetidos a trabalhos forçados relacionados à característica rochosa da ilha, mas também não há como comprovar isso.

Seja como for, sabe-se com certeza que pessoas eram exiladas em Patmos. O capítulo 1 do livro do Apocalipse indica claramente que o apóstolo João foi uma dessas pessoas.

Receber Estudos da Bíblia

João na Ilha de Patmos e o Apocalipse

É amplamente aceito que o apóstolo João foi quem escreveu o livro do Apocalipse. Além da declaração presente no próprio livro de que o nome de seu autor é João, o testemunho dos pais da Igreja também indica isto. Policarpo (que possivelmente foi discípulo de João), Ireneu (que pode ter sido discipulado por Policarpo), Clemente de Alexandria, Tertuliano, Eusébio e Jerônimo, declaram que o apóstolo João foi exilado em Patmos por volta de 90 d.C. sob o governo do imperador romano Domiciano.

No período de governo de Domiciano houve intensa perseguição aos cristãos, tal como havia sido no governo de Nero. Essas perseguições eram ocasionadas principalmente pela ambição do imperador em restaurar e preservar a religião romana. Durante esse período houve um enorme número de mártires cristãos. Acredita-se que antes de ser levado à Ilha de Patmos, João vivia em Éfeso. Depois de sair de ser libertado de seu exílio em Patmos, o apóstolo provavelmente voltou a Éfeso.

Foi na Ilha de Patmos que João teve as revelações que compõe o livro do Apocalipse. Existe um debate se João de fato escreveu o livro na ilha ou apenas teve as revelações na Ilha de Patmos. Neste último caso, então ele teria escrito o livro após terminar seu exílio.

De qualquer forma, tudo o que se sabe nesse sentido é o que o próprio apóstolo João informou. Ele escreve: “Eu, João, irmão e companheiro de vocês no sofrimento, no Reino e na perseverança em Jesus, estava na Ilha de Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. No dia do Senhor achei-me no Espírito e ouvi por trás de mim uma voz forte, como de trombeta, que dizia: Escreva num livro o que você vê e envie a estas sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia” (Apocalipse 1:9-11).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

13 Comentários

  1. Olá boa noite, estou apreciando muito os estudos sobre a palavra de Deus, e me faz entender realmente o contexto desse livro tão complexo que é a Bíblia Sagrada.

  2. Parabéns pelos idealizadores e colaboradores deste site.
    Muito bom o trabalho de vocês!
    Que Deus vos abençoe cada dia mais em Cristo Jesus!

  3. MUITO BOM ESTE ESTUDO NOS AJUDA
    A ENTENDER MUITAS COISA , ESTOU RECEBENDO O ESTUDO
    E ESTOU MUITA GRATA , QUE O SR. CONTINUE ABENCOANDO
    A VIDA DE VOCES .

  4. Gostaria de saber onde está escrito que João foi jogado num caldeirão de óleo fervente e teve livramento de Deus pelo imperador Domiciano?

  5. Melhor aplicativo que eu encontrei para celular,Estilo adoração estão de parabéns muito bom esses estudos.
    Que DEUS continue abençoando a todos vcs.

  6. ola paz do senhor tenho aprendido muito sobre estes estudos publicado up
    principalmente sobre joão na ilha de patmo . sempre quis pregar sobre esta palavras mas nao tinha conhecimento
    gloria a deus
    eu quero eu estudo sobre a rocha de moisés seu significado .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar