Quem é o Arcanjo Miguel na Bíblia?

O arcanjo Miguel é o líder dos santos anjos de Deus. Miguel também é citado nas Escrituras como o defensor do povo escolhido do Senhor. A Bíblia não dá muitos detalhes sobre quem é o arcanjo Miguel, mas destaca claramente sua posição de autoridade e seu caráter guerreiro.

A palavra arcanjo significa “anjo principal”. Essa palavra ocorre apenas duas vezes no texto bíblico do Novo Testamento (1 Tessalonicenses 4:16,17). Já o nome Miguel significa “quem é como Deus?”.

O arcanjo Miguel na Bíblia

Miguel é mencionado pela primeira vez no livro de Daniel. Quando o príncipe da Pérsia fez oposição ao anjo enviado pelo Senhor para dar uma resposta ao profeta Daniel, Miguel foi quem lhe ajudou (Daniel 10:13). Nesse mesmo texto é enfatizada a posição proeminente do arcanjo Miguel no exército celestial. Ele é designado pelo outro anjo como sendo “um dos primeiros príncipes”.

Depois, o anjo também indicou uma conexão entre Miguel e o povo de Israel. Ele disse a Daniel que Miguel era o “vosso príncipe” (Daniel 10:20,21). Mas na sequência do texto de Daniel essa posição protetora de Miguel ganha uma proporção maior. Numa visão escatológica que culmina no dia do juízo de Deus, o arcanjo Miguel foi identificado como “o grande príncipe que se levanta a favor dos filhos do teu povo” (Daniel 12:1).

Então é o Novo Testamento que lança luz sobre essa designação. O livro do Apocalipse registra uma grande batalha em que o arcanjo Miguel liderou o exército dos anjos de Deus contra Satanás e seus anjos (Apocalipse 12:7-9).

O mesmo arcanjo Miguel que no Antigo Testamento é citado como aquele que foi designado a ser o guardião do povo de Israel, no Novo Testamento é citado como o defensor da Igreja de Cristo. Isso também se harmoniza com o modo como possivelmente ele é citado relacionado ao dia do retorno do Senhor Jesus (1 Tessalonicenses 4:16,17).

O arcanjo Miguel também é mencionado na Carta de Judas. O escritor bíblico fala sobre um episódio em que o arcanjo Miguel contendeu com Satanás acerca do corpo de Moisés (Judas 9). Parece que Deus encarregou Miguel de sepultar o corpo de Moisés, e em algum momento Satanás lhe fez oposição. O autor bíblico destaca que Miguel se limitou a dizer: “O Senhor te repreenda”.

Esse episódio não está registrado no Antigo Testamento, mas apenas num livro apócrifo chamado Ascensão de Moisés. Mas o fato de ter sido citado por Judas, significa que obviamente esse caso específico aconteceu; então o Espírito Santo de Deus achou por bem registrá-lo no Cânon bíblico através da Epístola de Judas.

Qual é a função do arcanjo Miguel?

É possível entender algumas das principais funções do arcanjo Miguel com base nos textos bíblicos em que ele é mencionado.

  • O arcanjo Miguel é um líder entre os santos anjos de Deus. Portanto, pode ser concluído que o arcanjo Miguel é um anjo valente e guerreiro.
  • No tempo do Antigo Testamento, o arcanjo Miguel desempenhou o papel de guardião dos israelitas designado por Deus.
  • No Novo Testamento, a função de Miguel como anjo protetor a frente das hostes angelicais continuou; mas agora essa função protetora foi estendida a toda a Igreja do Senhor na terra. Nesse sentido, o arcanjo Miguel faz batalha contra Satanás e seu exército maligno que tenta fazer oposição à obra de Deus.
  • O arcanjo Miguel esteve envolvido na ocasião da morte e sepultamento de Moisés; muito provavelmente numa função extraordinária.
  • Miguel também estará envolvido nos eventos da consumação do século. Embora o apóstolo Paulo não mencione seu nome, provavelmente seja sua voz que é citada em 1 Tessalonicenses 4:16. Além disso, a forma com que o texto grego é construído parece indicar que também será o arcanjo quem tocará a trombeta de Deus.
Receber Estudos da Bíblia

Miguel é o único arcanjo?

Miguel é o único arcanjo mencionado nominalmente na Bíblia. Além disso, nunca a palavra “arcanjo” é empregada no plural. Portanto, é possível que Miguel seja o único arcanjo.

Mas por outro lado, também é possível que ele seja um dos arcanjos, talvez o principal entre eles. Daniel 10:13 diz que Miguel é “um dos principais príncipes”. Essa expressão pode fornecer algum apoio para a possibilidade de haver mais arcanjos. Também quando Paulo utiliza a palavra “arcanjo”, ele não emprega o artigo definido. A ausência do artigo definido pode favorecer a tradução “um arcanjo”.

Algumas tradições judaicas também sugerem que existem outros arcanjos além de Miguel. Mas considerando tudo isso, a melhor opção é admitir que a Bíblia não esclarece essa questão de forma conclusiva. Seja como for, ainda que existam outros arcanjos, sem dúvida Miguel parece ser o mais proeminente.

O arcanjo Miguel é Jesus?

Alguns estudiosos argumentam que Miguel deve ser identificado como sendo uma referência a Cristo. Eles alegam que é atribuída uma posição muito exaltada ao arcanjo Miguel na Bíblia para que ele seja simplesmente um anjo.

Mas a Bíblia nunca diz que Miguel é um designativo da Segunda Pessoa da Trindade. Assim, a identificação de Miguel com Cristo não passa de uma conjectura sem um fundamento sólido.

Na verdade, a Bíblia fornece muito mais indícios de que o arcanjo Miguel jamais deva ser confundido com o Filho de Deus. Por mais que os anjos sejam seres poderosos, a Bíblia afirma a superioridade de Cristo sobre todos os anjos. Os anjos são identificados na Bíblia como servos, enquanto Cristo sempre é identificado como o Filho de Deus (Hebreus 1:4-14).

Jesus é Deus, e não há uma única referência sobre o arcanjo Miguel tomando para si a posição que só pertence a Deus. A autoridade que Miguel possui não vem de si mesmo, mas é concedida por seu Criador. Isto fica claro no episódio registrado por Judas. Apesar de Miguel ser um anjo muito poderoso, ele não ousou pronunciar juízo sobre Satanás por sua própria autoridade, mas recorreu à autoridade do Senhor.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Um Comentário

  1. Eu penso que o nome Miguel logo diz que ele é Jesus Cristo. Miguel significa “quem é como Deus?” Quem é como Deus senão Jesus Cristo.

Fechar