O Que Significa “Enchei-vos do Espírito”?

A ordem: “enchei-vos do Espírito” significa que o cristão deve viver sob controle do Espírito Santo; ele deve ser caracterizado pela plenitude do Espírito a fim de que possa experimentar a alegria indivisível e gloriosa que provém do Senhor.

Mas o primeiro passo para entender o significado dessa ordem, é perceber que ela faz parte de um contraste: Não vos embriagueis com vinho, em que há contenta, mas enchei-vos do Espírito” (Efésios 5:18).

Esse contraste nos mostra pelo menos dois pontos importantes. Primeiro, a Bíblia não deixa qualquer dúvida de que a embriaguez é pecado. Então por implicação, podemos entender que ao escrever esse versículo, o apóstolo Paulo está afirmando que é incompatível uma vida marcada pela prática do pecado e uma vida marcada pela plenitude do Espírito. É necessário que haja uma ruptura; é necessário dizer não ao pecado e dizer sim ao Espírito de Deus; é necessário quebrar o controle daquilo que nos domina; é necessário se despir do velho homem e se vestir do novo homem (Efésios 4:22-24).

Segundo, uma pessoa embriagada tem todas as suas ações, atitudes, decisões e emoções influenciados pelo álcool. A pessoa perde o controle, perde a razão. Mas de forma inversa, através do contraste, ao dizer: “enchei-vos do Espírito”, Paulo indica que o crente que experimenta a plenitude do Espírito também deve ter todas as suas ações, atitudes, decisões e sentimentos controlados pelo Espírito.

E nesse ponto o contraste fica ainda mais agudo. Isso porque Paulo diz que na embriaguez há contenda. A palavra grega traduzida por “contenda” ou “dissolução” inclui a ideia de “descontrole” e “desperdício”. A pessoa embriagada perde o controle de sua vida para os efeitos do álcool em seu corpo, ocorrendo um desperdício de palavras, atitudes, comportamentos, sentimentos, escolhas etc. Muitas vezes a pessoa embriagada depois nem se lembra do que fez.

Por outro lado, a pessoa que vive a plenitude do Espírito passa a ser controlada por Deus. Diferentemente do descontrole e do desperdício da embriaguez, ela experimenta um maravilhoso domínio próprio. Quanto mais plenitude do Espírito mais autocontrole, mais razão, mais distância daquilo que desagrada a Deus.

As implicações da ordem: “enchei-vos do Espírito”

Quando lemos a frase: “enchei-vos do Espírito”, podemos perceber que estamos diante de uma ordem, não de uma opção. A frase está no modo imperativo. Não há outra alternativa ao crente a não ser assumir a responsabilidade de encher-se do Espírito.

Outra coisa interessante é que na frase original o tempo verbal é o presente do imperativo. Isso quer dizer que o “enchei-vos do Espírito” não é uma experiência isolada na vida cristã, algo que acontece de uma vez por todas, mas é uma experiência contínua. O enchimento do Espírito Santo na vida do crente deve ser algo constante e ininterrupto. É verdade que os crentes foram selados com o Espírito Santo de uma vez por todas. Mas agora, dia após dia, eles devem experimentar o poder desse mesmo Espírito permeando e controlando todas as áreas de suas vidas.

Também é importante enfatizar que o Espírito Santo é tanto o agente do enchimento quanto aquele em quem os crentes experimentam esse enchimento. Por isso no texto grego a frase: “enchei-vos do Espírito” está na voz passiva. A ideia é a de que os crentes devem deixar o Espírito enche-los. Nesse ponto há uma certa sinergia. São os crentes que vivem, mas suas vidas devem ser dominadas pelo Espírito Santo. A frase: “enchei-vos do Espírito” expressa a figura de um vasilhame que é continuamente enchido por um líquido.

E diante dessa verdade ainda é importante que fique claro que Paulo não fala do Espírito Santo como uma coisa, uma energia ou uma força que pode ser manipulada. Paulo fala do Espírito Santo como uma pessoa, a terceira pessoa da Trindade. Isso implica no fato de que o Espírito Santo é Deus. Nós não podemos controlá-lo, mas devemos ser controlados por Ele.

Por fim, a ordem é: “enchei-vos do Espírito”, no plural. Isso significa que essa ordem é para todos os cristãos, sem exceção. Muitas pessoas pensam que apenas alguns crentes é que podem experimentar a plenitude do Espírito. Mas a verdade é que o enchimento do Espírito Santo está disponível a todo povo de Deus.

Receber Estudos da Bíblia

Como obedecer a ordem: “enchei-vos do Espírito”?

Logo após registrar a ordem: “enchei-vos do Espírito”, o apóstolo Paulo indicou como os crentes podem obedecê-la. Ele explica que os crentes podem experimentar o enchimento do Espírito conforme vão “falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e louvando ao Senhor de coração; dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus” (Efésios 5:19).

Em outras palavras, Paulo diz que o cristão repleto do Espírito Santo é alguém envolvido na edificação mutua dentro do Corpo de Cristo, ministrando e sendo ministrado; alguém comprometido com a verdadeira adoração ao Senhor; alguém agradecido a Deus em tudo; e alguém disposto a estar em sujeição a outros no temor de Deus.

Além disso, é muito significativa a forma como o mesmo apóstolo registra a passagem paralela a essa na Carta aos Colossenses. Ele escreve: “Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seus corações” (Colossenses 3:16).

À luz dessa passagem de Colossenses, é fácil perceber que para Paulo, a ordem: “enchei-vos do Espírito” equivale a ter a palavra de Cristo habitando ricamente em nós. Isso significa que jamais podemos separar o Espírito da Palavra. A relação “Palavra e Espírito” é inquebrável, pois o Espírito inspirou a Palavra e age por meio dela.

É por meio da Palavra que o Espírito fala conosco, nos transforma, nos orienta, nos controla e nos santifica. Inclusive, diante de tudo isso podemos afirmar com toda certeza que a santidade é a maior marca de alguém que experimenta o enchimento constante do Espírito. Portanto, devemos manter em mente todos os dias a ordem: “enchei-vos do Espírito”.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar