O Que Significa “Ide e Fazei Discípulos”?

Antes subir ao céu, Jesus deu a seguinte ordem: “Portanto ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo” (Mateus 28:19). Este versículo é um dos mais conhecidos da Bíblia. Ele é muito lembrado principalmente quando o assunto é a evangelização.

Embora sua aplicação sirva corretamente a esse propósito, poucas pessoas conhecem um detalhe interessante nessa passagem. Por conta disto, ultimamente é comum ver pessoas interpretando e aplicando a frase “ide e fazei discípulos” de uma forma equivocada.

O significado do “ide”

É comum ouvir alguém dizer que temos que fazer o “ide” que Jesus ordenou, porque o “ide” é a tarefa da Igreja. Normalmente quando se interpreta esse versículo, a ênfase é colocada sempre no “ide”. O mesmo acontece com a passagem correlata em Marcos, onde geralmente é destacado o “ide por todo o mundo” (Marcos 16:15).

Confesso que nunca tinha visto problema nessa interpretação até que certa vez fui questionado por uma aluna acerca de um “excelente” trabalho evangelístico que uma determinada denominação estava realizando. O problema é que tal denominação é um centro de heresias. Ao expor a essa aluna a verdade sobre as heresias pregadas por tal denominação, ela me respondeu o seguinte: “Ah, pelo menos eles estão fazendo o ide que o Senhor ordenou”.

Foi aí que eu percebi que talvez houvesse um problema com essa interpretação tão popular. Minha resposta para ela foi em forma de outra pergunta, a mesma que agora repito para você que está lendo este texto: Qual é o verdadeiro significado desse “ide”?

Quando falei que poucas pessoas conhecem um detalhe interessante nessa passagem, me refiro ao modo com que o texto é construído no texto grego. Sem entrar em muitos detalhes cansativos sobre a gramática grega, podemos dizer que o verbo “ide” não está no imperativo. Na verdade o “ide” está no particípio, qualificando o imperativo da frase. Isto significa que no grego a ordem dada por Jesus Cristo é o “fazei discípulos” e não o “ide”.

Nessa sentença o “ide” apenas determina a maneira pela qual a ordem de se fazer discípulos é cumprida. Mesmo com esse detalhe, como já disse, nunca vi problema na interpretação popular que coloca o “ide” como sendo a ordem da sentença. Afinal, para fazermos discípulos devemos “ir”.

A questão toda é que através dos argumentos da minha interlocutora, percebi que ultimamente as pessoas estão concentradas apenas em “ir”. Elas enfatizam, sobretudo, o “ide”, e, de fato, estão indo. Mas o ponto chave é: Indo para onde? Indo fazer o quê?

Receber Estudos da Bíblia

Fazei discípulos

O problema não está no entendimento do significado do “ide” ou na forma com que ele é aplicado. O problema está na falta de compreensão acerca do que realmente é a ordem “fazei discípulos”. Qualquer um pode “ir”. Uma seita pode ir. Uma denominação que prega heresias pode ir. Até mesmo um incrédulo pode ir! Mas o “fazei discípulos” é que não é para qualquer um. Para que não houvesse dúvida, o próprio Jesus nos esclarece que é somente pela pregação do Evangelho que podemos fazer discípulos (Marcos 16:15).

Sem o Evangelho verdadeiro é possível fazer espectadores para os cultos. É possível fazer público para as apresentações da igreja. É possível fazer consumidores para o mercado gospel, clientes para as “campanhas santas”, e ativos para o relatório financeiro do mês. Só não será possível fazer discípulos como Jesus ordenou.

Somente a mensagem que expõe a verdade sobre o pecado e aponta para o Cristo ressuscitado é que pode gerar discípulos verdadeiros para o reino de Deus. Essa mensagem não é seletiva. Ela não está interessada em quem pode oferecer mais ou menos. Ela não está fundamentada no mérito humano. Mas essa mensagem iguala todos os pecadores à condição de inimigos de Deus, a menos que sejam reconciliados com Ele através de Cristo. Daí entendemos o ordem: “Ide e fazei discípulos de todas as nações”.

O povo comprado por Cristo provém de todos os povos, línguas e nações. Estes discípulos então devem ser batizados como sinal de que foram regenerados, remidos de seus pecados e unidos com Cristo.

Apenas ir não basta. A ordem do Mestre é que façamos discípulos. Como faremos isto? Simples! Indo pelo mundo, pregando o Evangelho! Até podemos continuar encarando o “ide” como imperativo, desde que esse nosso “ir” necessariamente resulte no “ir” de pecadores a Cristo através da Palavra genuína.

13 comentários em “O Que Significa “Ide e Fazei Discípulos”?”

    1. acho que essa foi uma maneira que vc encontrou de se desvencilhar da questão da aluna, tentando tirar a importância de um verbo para colocar em cima de outro, os dois tem o mesmo sentido e o mesmo peso, DEUS MANDOU PRONTO E ACABOU, nosso dever é obedecer, a verdade é que muitas pessoas estão dando esse tipo de desculpa para fugir da ordenança de Deus

      1. Paz do Senhor Jesus Rose! A questão não é fugir da ordenança de Deus, mas cumpri-la corretamente. Isto está claro no texto. Acho que que faltou uma leitura mais atenta do texto para entendê-lo. Deus abençoe sua vida.

  1. Fazer discipulos é o objetivo principal do cristão, é dar continuidade ao trabalho de evangelização que Jesus começou. A ordem dada aos discipulos por Cristo, “IDE E FAZEI DISCÍPULOS” veio somente quando Jesus sentiu que eles estavam preparados para falar da palavra viva.
    Não devemos ir de qualquer maneira, para não sermos envergonhados, mas devemos ir como AUTORIDADES enviadas por Cristo, com SABEDORIA, CONHECIMENTO E DISCERNIMENTO.
    Por isso eu peço a todos,quando ouvires falar de Jesus, abra seu coração para que essa semente ( a palavra ) entre nele, gernine, cresça, crie raiz e dê frutos, os frutos são resultado da Evangelização e são esses frutos que iremos apresentar a Jesus no dia do Julgamento. SE PREPAREM PARA SEREM APTOS A PREPARAREM OUTROS. Amém?

  2. gloria a DEUS, a muito a igreja do senho interpretava este texto sem a responsabilidade principal do mandamento. O imperativo e cuidar bem das almas, foi muito proveitosa a esplicaçao.

  3. Não podemos encarar como FIM o batismo, ou quando alguém aceita Jesus. Isso na verdade é o COMEÇO de tudo. Estamos tão preocupados em trazer almas para o Reino que nos esquecemos de discipular. Ser discípulo é permanecer Nele, e guardar (praticar) os Seus mandamentos. “Ide e fazei discípulos” vai muito além de “ide e batizai, e orai para que aceitem Jesus”. É pegar os novos convertidos pela mão e mostrar-lhes O caminho, e faze-los conhecer Este caminho, no caminho, andando juntos, de forma que tenhamos verdadeiros discípulos de Jesus, com a mentalidade renovada e, entendendo que a Grande Comissão é um caminho a se trilhar, onde devemos permanecer dia-após-dia. Aceitar Jesus e esperar a volta Dele quietos, sentados aos domingos em um banco de igreja, mas distantes no resto da semana, isso está longe de ser discípulos. Fato é que quem permanece próximo Dele, sobre este o pecado não tem poder. Se estamos com dificuldades em vencer o pecado, temos que nos aproximar Dele.

    Li alguns comentários dizendo que ficou vago, que faltou algo no final, ou que ainda aumentou sua dúvida a respeito.. O fato é que para muitos ainda há dúvidas sobre o que é ser discípulo. Muito bom texto!

  4. é de se analisar, fazer uma explicação gramatical ficar mais forte que uma interpretação que deveria ser espiritual, parece o estudo escolar ficou mais importante que o bíblico nesta explicação, e também que o objetivo principal foi contrariar o”IDE” do versículo em referência.

  5. Irmãos a paz do Senhor a palavra de JESUS é a certeza de que amamos os seus ensinamentos e como Jesus disse: Ide e fazeis discípulos é salvar almas para nosso criador DEUS, falar de DEUS é realmente para que esse povo que perece pela palavra de DEUS, a vontade de DEUS é realmente salvar a nós todos, ele nós ama em que entregou seu único filho para morrer por nós, o maior amor que DEUS fez por nós. Então irmãos e irmãs ´´ Ide e Fazei Discípulos “ é realmente que quando uma pessoa ouve a palavra de DEUS aceite de coração e aceite em sua vida , por que sim é mais um filho de DEUS para salvar essa humanidade desse mundo de tristeza, guerra, morte, doenças, ambição, e ódio um do outro. Jesus voltara como um rei na nuvens e resgatara seus filhos de mundo perverso e levara para o novo mundo chamado Paraíso onde ele preparou para todos nós. Então digo irmão serve a vontade de JESUS, IDE E FAZEIS DISCÍPULOS, esse é a vontade do nosso DEUS VIVO criador do céu e da terra. Amem irmãos e irmãs que a vontade de cristo seja feita por nós Amem. Jesus nosso Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close