O Que Aconteceu Com Jesus no Getsêmani?

A Bíblia registra em detalhes tudo o que aconteceu com Jesus no Getsêmani. Aquele jardim foi o local onde ocorreram os últimos eventos que precederam a prisão do Senhor Jesus. No Getsêmani Jesus orou ao Pai, exortou seus discípulos, teve sua traição consumada por Judas, curou Malco, declarou sua divindade e se entregou aos soldados que foram ali para prendê-lo.

De fato há muito que podemos aprender com Jesus no Getsêmani. Neste estudo bíblico iremos pontuar os eventos que ocorreram naquele jardim com nosso Senhor.

A chegada de Jesus no Getsêmani

Após ter celebrado a última Páscoa e instituído a Ceia do Senhor, a Bíblia diz que Jesus foi para o Monte das Oliveiras acompanhado de seus discípulos. O texto bíblico indica que o Getsêmani era um jardim que ficava em algum lugar relacionado ao Monte das Oliveiras do outro lado do ribeiro de Cedrom (Lucas 22:40; João 18:1). Muito provavelmente tratava-se de um bosque de oliveiras.

Chegando ao Getsêmani, Jesus deu ordens para que seus discípulos esperassem num determinado lugar enquanto Ele fosse um pouco mais adiante orar. Jesus levou consigo somente Pedro, Tiago e João (Mateus 26:37).

A oração de Jesus no Getsêmani

O tempo que Jesus esteve no Getsêmani não foi fácil para Ele. A Bíblia diz que Jesus estava muito angustiado. Inclusive, Ele disse aos seus três discípulos mais próximos que sua alma estava profundamente triste até a morte (Mateus 26:38). Então Ele pediu que os três discípulos vigiassem juntamente com Ele ali.

Em seguida Jesus foi para um lugar um pouco mais reservado e, prostrado sobre o seu rosto, orou ao Pai. Foi naquela ocasião que Jesus fez a conhecida oração: Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres” (Mateus 26:39).

A oração de Jesus no Getsêmani foi tão intensa que o escritor de Hebreus diz que ali Jesus clamou ao Pai com lágrimas (Hebreus 5:7). Alguns comentaristas dizem que talvez a oração de Jesus no Getsêmani tenha dado origem ao costume cristão de orar ajoelhado. Vale lembrar que os judeus geralmente oravam em pé.

O evangelista Lucas também traz duas informações importantes sobre o que aconteceu com Jesus no Getsêmani enquanto Ele orava. O escritor bíblico diz que tamanha foi a angústia de Cristo que seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra. Ele também informa que um anjo do céu apareceu para confortar Jesus (Lucas 22:43,44).

Mateus ainda esclarece que naquela noite Jesus orou três vezes no Jardim do Getsêmani. No intervalo entre uma oração e outra, Jesus sempre encontrou os seus discípulos dormindo. Foi nesse contexto que Jesus fez a seguinte exortação: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade o espírito está pronto, mas a carne é fraca (Mateus 26:41).

A prisão de Jesus no Getsêmani

A Bíblia diz que em certo momento da noite Judas Iscariotes chegou ao Getsêmani acompanhado dos guardas do Templo e de soldados romanos. Judas identificou Jesus no Getsêmani saudando-o com um beijo no rosto.

Estudiosos dizem que não era incomum que a guarda do Templo demonstrasse um comportamento violento e agressivo. Além disso, a guarda do Templo e os legionários romanos carregavam armas. O apóstolo João e o evangelista Marcos indicam que havia entre eles quem estivesse armado com porretes, espadas e tochas (Marcos 14:43; João 18:3).

Nas palavras do próprio Jesus, aquelas pessoas tinham ido prendê-lo como se Ele fosse um verdadeiro criminoso (Marcos 14:48). Mas a verdadeira identidade de Jesus estava prestes a ser revelada uma vez mais bem ali diante dos olhos daqueles que foram ao Getsêmani prendê-lo.

Os textos bíblicos sobre Jesus no Getsêmani revelam tanto a sua humanidade quanto a sua divindade. Se por um lado podemos ver Jesus clamando ao Pai num estado de angústia tão grande a ponto de seu suor se tornar como sangue, por outro lado podemos vê-lo como o verdadeiro Filho de Deus capaz de realizar milagres e com autoridade tal para reivindicar a presença de mais de doze legiões de anjos se fosse preciso (Mateus 26:53; 22:51).

Receber Estudos da Bíblia

A revelação da divindade de Jesus no Getsêmani

A Bíblia diz que o próprio Jesus perguntou ao grupo de soldados sobre quem eles estavam procurando. Os guardas e oficiais responderam-lhe que eles procuravam Jesus de Nazaré. Então prontamente Jesus lhes respondeu: “Sou eu”. Quando Jesus se identificou dessa forma o texto bíblico diz que todos caíram por terra (João 18:6). Sim, Aquele que pouco antes estava clamando ao Pai com suor e lágrimas, era também o Rei do universo cuja presença homem algum pode resistir.

Aqueles homens tinham ido muito bem equipados para prender Jesus, mas não puderam resistir ao peso da majestade do Filho de Deus. Quem sabe aqueles homens tenham percebido que apesar de suas armas e de sua vantagem numérica, na verdade era Cristo quem tinha o controle da situação em suas mãos. Aquela não foi uma prisão forçada, mas voluntária. Além disso, é significativa a conexão entre a resposta de Jesus, “Sou eu”, e o nome pessoal de Deus revelado em todo o Antigo Testamento, “Eu Sou” (Êxodo 3:14).

Mas o apóstolo Pedro foi alguém que parece não ter entendido a situação. Na tensão do momento em que Jesus estava sendo preso no Getsêmani, a Bíblia diz que o afoito discípulo desembainhou sua espada e cortou a orelha direita de Malco, o servo do sumo sacerdote. Mas a Bíblia diz que imediatamente Jesus tocou na orelha de Malco e o curou (Lucas 22:50,51).

Depois Jesus diz que se Ele quisesse o exército celestial estava a seu dispor. Contudo, os textos bíblicos revelam que Jesus no Getsêmani estava também cumprindo as Escrituras. Nada abalaria sua fidelidade à Palavra; o plano de salvação concebido antes da fundação do mundo não fracassaria; as promessas anunciadas desde o princípio não seriam frustradas; nada o faria se desvirar do caminho da cruz (Mateus 26:54). Então o Senhor Jesus foi detido pelos guardas e conduzido à sequência de interrogatórios (João 18:12-40). Depois do Getsêmai, tão logo haveria de acontecer a crucificação de Jesus.

1 comentário em “O Que Aconteceu Com Jesus no Getsêmani?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close