Últimos Posts
Casa / Mensagens Bíblicas / Jesus Transforma Água em Vinho | Devocional João 2:1-11

Jesus Transforma Água em Vinho | Devocional João 2:1-11

E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas.
E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.
Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.
Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.
E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam dois ou três almudes.
Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima.
E disse-lhes: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E levaram.
E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo,
E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.
Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele.
(João 2:1-11)

Jesus Transforma Água em Vinho

O Evangelho de João retrata apenas 7 milagres de Jesus. Os milagres apontavam para a pessoa de Cristo e suas obras. Jesus só usava seu poder quando era necessário.
Este texto nos fala que Jesus foi a uma festa de casamento, na cidade de Caná da Galiléia, que ficava acerca de 10 km a 12 km ao norte de Nazaré.

Não sabemos de quem era essa festa. Talvez fosse de parentes, da família de Jesus ou de amigos da família.
Jesus já tinha iniciado o seu ministério, mas não temos relatos de que ele já havia realizado algum milagre.

As festas de casamento naquela época duravam cerca de uma semana e era obrigação da família hospedar os convidados e alimentá-los. Nessas festas vinham pessoas de todos os lugares.

No versículo 3 somos informados de que o vinho da festa havia acabado. O vinho fazia parte da cultura hebraica e era essencial nas festas. No versículo 4 Jesus chamou Maria usando a expressão “mulher”. Ao contrário do que alguns pensam, esse foi um modo respeitoso utilizado por Jesus. Dirigir-se assim, com essas palavras, era um hábito naquela cultura. Podemos notar essa mesma expressão sendo utilizada por Jesus em duas outras passagens:

Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.
(João 4:21)

E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
(João 8:10)

Ainda no versículo 4, Jesus diz que sua hora ainda não havia chegado. Geralmente, a hora de Jesus, refere-se ao tempo do seu sofrimento e morte. Aqui Jesus está afirmando que ele, não Maria, deve determinar a agenda de seu ministério terreno.

No versículo 5 podemos notar a confiança de Maria em Jesus, e a obediência demonstrada por ela. Ela percebeu que o vinho estava acabando e que alguma coisa deveria ser feita. Ela não ficou parada, não guardou o problema só para ela. Ela tomou uma iniciativa, ela estava ligada. Essa é uma lição para nós, pois devemos estar sempre ligados.

Receber Estudos da Bíblia

No versículo 6 sabemos que havia seis potes de pedra, com uma capacidade acumulada de armazenamento de aproximadamente 600 litros. No versículo 7 Jesus ordena que os serviçais enchessem os potes com água, e assim o fizeram. Aquela ordem parecia absurda. Eles poderiam ter questionado, dizendo: “nós não estamos precisando de água. O que está faltando aqui é vinho”. Aqui aprendemos que precisamos obedecer às ordens de Jesus e fazer o que Ele manda, mesmo que não faça sentido para nós. Jesus não o ostentou, muito menos parou a festa, nem mesmo fez espetáculo. Ele simplesmente fez o que deveria ser feito.

No versículo 8 vemos que Jesus ordena que fosse levado um pouco de vinho ao encarregado da festa. O encarregado da festa (ou mestre sala) era uma pessoa encarregada de conduzir a festa de casamento. Então, o vinho que Jesus havia transformado, foi levado para um especialista de festas para que ele pudesse analisar sua qualidade.

Nos versículos 9 e 10 o encarregado da festa prova do vinho e reconhece que aquele vinho era muito superior ao vinho que havia sido servido primeiro. Talvez, quem sabe, as pessoas daquela festa provaram o melhor vinho já produzido em toda a história. O sinal de Jesus foi transformar a água em vinho. A gente não sabe que hora a água virou vinho, se foi quando caiu nos jarros ou quando eles levaram ao mestre sala.

Muitas lições podemos aprender nesse texto. Aprendemos que Jesus é Deus, Ele é soberano e pode todas as coisas. Ele não precisou de uvas para fazer um vinho extraordinário. Ele quebra qualquer lógica humana.

Aprendemos também que o milagre só pode vir depois da Palavra. Muitas pessoas buscam o milagre, mas não querem se atentar para a Palavra. Somente a Palavra de Deus é capaz de produzir milagres. Muitas pessoas contam seus milagres, e sinceramente não somos obrigados a crer neles, mas nos milagres descritos na Palavra de Deus inevitavelmente devemos crer. Ele transformou água em vinho, curou doentes, expulsou demônios, ressuscitou mortos e, por fim, realizou o maior milagre de todos: a expiação na cruz do calvário.

Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.
(João 21:25)

Sobre Robson Fernando Carvalho

Robson Fernando Carvalho
Robson Fernando Carvalho é um cristão reformado, pregador da Palavra e músico. É casado com Daniela Conegero Carvalho.

Além disso, verifique

Quando a Oração Parece Ter Falhado

Quando a Oração Parece Ter Falhado

Orem para que eu esteja livre dos descrentes da Judéia e que o meu serviço ...

3 Comentários

  1. Vacirlei Jose da Silva

    Muito bom nos enriquece com clareza

  2. Edificante palavra! Vinda diretamente do trono de Deus. Devemos crer e acreditar verazmemte nos milagres de Jesus! Fazer como Maria, estarmos atentos a tudo, mesmo sabendo que Deus é onisciente e sabedor de todas as coisas. Porem, Ele espera que estejamos ligados no que ocorre a nossa volta.

  3. O primeiro milagre de Jesus foi nas Bodas de Canaã, onde transmutou a Água em Vinho, o que tem profundo significado.
    Os mistérios das Bodas de Canaã é profundamente alquímico, a transformação da água em vinho só se realiza em Matrimônio Perfeito. Esse é o terrível mistério do Grande Arcano, este é o Secretum Secretorum da Alquimia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *