O Que é o Livro de Jasar?

O Livro de Jasar é uma antiga obra literária que serviu como fonte escrita para alguns textos da Bíblia. O título do livro, Livro de Jasar ou Livro de Jasher, significa literalmente “Livro dos Justos” ou “Livro do Reto”.

Alguns estudiosos acreditam que a palavra Jasar em seu título parece ser um nome para Israel. Se isso estiver correto, então parece certo supor que possivelmente o Livro de Jasar era um escrito que celebrava a vida e os feitos dos heróis israelitas.

Mas a grande curiosidade que torna o Livro de Jasar tão misterioso e interessante para as pessoas, é o fato de ele ser citado nominalmente na Bíblia. Sabemos que frequentemente os escritores bíblicos usaram fontes escritas na composição dos livros da Bíblia. Mas raramente essas fontes são mencionadas de forma tão explicita como foi mencionado o Livro de Jasar.

O Livro de Jasar é citado pelo menos duas vezes na Bíblia, no Antigo Testamento (Josué 10:13; 2 Samuel 1:17,18). Porém, existe a possibilidade de outras passagens bíblicas também terem sido escritas com base no Livro de Jasar, embora isso não tenha ficado claro. Por exemplo: alguns estudiosos acreditam talvez o Livro de Jasar seja mencionado uma terceira vez na Bíblia em 1 Reis 8:12,13. Mas isso é incerto, pois depende de uma transposição de duas letras hebraicas no texto.

O Livro de Jasar na Bíblia

A primeira vez que o Livro de Jasar aparece na Bíblia é no livro de Josué. No capítulo que registra o intrigante episódio em que o sol e a lua pararam sobre Gibeão, o texto bíblico diz o seguinte: “E o sol se deteve, e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está escrito no Livro de Jasar? O sol, pois, se deteve no meio do céu e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro” (Josué 10:13).

Algumas pessoas questionam a veracidade dessa passagem à luz dos avanços científicos da atualidade, já que sabemos agora que é a terra que se movimenta diante do sol, e não o contrário. Isso não apenas apontaria um erro no Livro de Jasar, como também na própria Bíblia.

Mas é claro que esse tipo de conclusão é precipitado. Isso porque os escritores antigos, incluindo os escritores bíblicos, frequentemente aplicavam em suas obras a linguagem fenomenológica. Isso significa que eles construíam suas narrativas do ponto de vista do observador. Se de repente a rotação da terra fosse paralisada, para quem está na terra a visão seria a de que o sol parou no céu.

Do ponto de vista do observador o que notamos é o movimento do sol no céu, e não o movimento de rotação da terra. Essa era uma perspectiva válida nos tempos bíblicos, e permanece válida até hoje, já que falamos que o sol nasce e se põe. Portanto, o texto bíblico não está errado, assim como o Livro de Jasar também não estava errado ao registrar esse acontecimento dessa forma.

O Livro de Jasar é mencionado pela segunda vez na Bíblia no segundo livro de Samuel, no texto que registra o lamento de Davi sobre Saul: “Pranteou Davi a Saul e a Jônatas, seu filho, com esta lamentação, determinando que fosse ensinado aos filhos de Judá o Hino ao Arco, o qual está escrito no Livro de Jasar” (2 Samuel 1:17,18).

A origem do Livro de Jasar

A origem do Livro de Jasar é incerta, mas acredita-se que o material desse livro, ou parte dele, realmente era muito antigo e começou a ser escrito no período primitivo da história de Israel. Nesse sentido, alguns eruditos afirmam que os primeiros registros do livro devem ter surgido entre os séculos 15 e 10 a.C. No entanto, também é verdade que o Livro de Jasar parece ter sido uma coleção de escritos poéticos compilada gradualmente; e como uma coleção completa é possível que ele tenha sido concluído já no tempo da monarquia em Israel, talvez entre 1.000 e 800 a.C.

À luz das citações bíblicas do Livro de Jasar no Antigo Testamento, parece evidente que, de fato, esse livro era de natureza poética e reunia cânticos de importância nacional em Israel. Inclusive, pela forma natural como o Livro de Jasar é citado, parece que ele era muito conhecido e respeitado nos tempos bíblicos.

Os israelitas também sempre tiveram uma tradição oral muito forte, mas o Livro de Jasar sem dúvida fazia parte da tradição escrita. Considerando tudo isso, não parece impossível que o Livro de Jasar tenha feito parte dos documentos oficiais da monarquia israelita. Inclusive, alguns estudiosos sugerem que o Livro de Jasar pode ter sido usado como parte do treinamento militar em Israel.

Receber Estudos da Bíblia

O que aconteceu com o Livro de Jasar? Existe uma cópia do Livro de Jasar em PDF?

O Livro de Jasar foi perdido, ou seja, esse livro não existe mais e nenhuma copia dele foi preservada. Mas pelo fato de esse livro ter sido importante nos tempos bíblicos, algumas pessoas tentaram se aproveitar do caráter misterioso de seu desaparecimento para criar cópias falsas com o título desse livro.

Então ao longo dos séculos surgiram supostas cópias do Livro de Jasar. Mas nenhuma dessas cópias jamais teve qualquer relação com o livro original. Foi uma dessas copias que acabou se popularizando mais recentemente e ganhando até mesmo versões eletrônicas.

Então o suposto Livro de Jasar que atualmente está disponível na internet em PDF, não é o Livro dos Justos original citado na Bíblia; mas apenas uma obra pseudoepígrafe, ou seja, um livro que carrega um título falso no sentido de tentar se passar pela verdadeira obra original.

Esse suposto Livro de Jasar nada mais é do que uma obra recente escrita em hebraico e que praticamente se propõe a recontar partes da história bíblica desde Adão até o período dos juízes de Israel. Mas a maior porção do livro se concentra nos acontecimentos pré-mosaicos.

O que se nota nesse pseudo Livro de Jasar, é que o seu autor misturou textos bíblicos com lendas judaicas e estórias fantasiosas. É possível que a grande parte do material do livro tenha sido inventada pelo próprio autor.

Por exemplo: o livro traz uma tentativa de relatar de forma detalhada o episódio em que Caim matou Abel. O livro também traz vários detalhes sobre a família de Abraão, registrando acontecimentos na vida de seus pais, o nascimento do patriarca e outros acontecimentos um tanto quanto fantásticos da vida de Abraão.

Mas novamente é importante entender que esse livro nada tem a ver com o Livro de Jasar citado na Bíblia. Nem mesmo seu estilo literário é o mesmo, visto que o pseudo Livro de Jasar é um livro de histórias, enquanto que o Livro de Jasar original parece ter sido uma coleção de obras poéticas. Muitos estudiosos acreditam que esse livro falso foi escrito no sul da Itália já na era medieval.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar