Quais São os Nomes de Deus? Deus Tem Nome?

Os nomes de Deus são fundamentais para que possamos conhecer mais sobre Ele. Muitas pessoas se perguntam se Deus tem um nome, e a própria Bíblia responde a essa pergunta de forma bastante extensiva, nos fornecendo uma importante lista sobre os títulos e nomes de Deus.

Qual a importância dos nomes de Deus?

Diferente do que geralmente acontece na atualidade, os nomes na antiguidade não serviam apenas para distinguir uma pessoa de outra, mas era uma expressão da própria pessoa em si, refletindo sua natureza, importância e posição. Por conta desse princípio, às vezes um nome poderia ser entendido como sendo uma benção ou uma maldição, bem como não era raro que alguém mudasse de nome devido a algum acontecimento extraordinário.

É muito importante conhecermos os nomes de Deus, pois eles simplesmente revelam quem Deus é, ou seja, Deus se revela através de seus nomes e títulos, de forma que tais nomes nos levam a conhecer e admirar seus atributos que também são inseparáveis de sua Pessoa. William Hendriksen escreve dizendo que “o nome de Deus é o próprio Deus conforme revelado em todas as suas obras” (CNT Mathews).

Qual é o nome de Deus?

O nome pessoal de Deus é YHWH. Os judeus da Antiguidade consideraram esse nome tão sagrado que o deixaram de pronunciar. Hoje, também não sabemos exatamente qual é a pronuncia correta desse nome, mas provavelmente sua vocalização seja Yahweh, transliterada para o português como Jeová ou Javé.

Além desse nome principal, encontramos vários outros nomes que se referem a Deus. Geralmente esses nomes são classificados em: títulos e nomes próprios, termos genéricos, descrições e termos pessoais.

Lista dos nomes de Deus

Antes de apresentarmos uma lista dos principais títulos e nomes de Deus na Bíblia, vale destacar os termos Pai, Filho e Espírito, que expressam a verdade de que na unidade de Deus existe uma diversidade de Pessoas divinas, ou seja, no único Deus há três Pessoas.

Aqui também podemos destacar o nome de Jesus e as palavras Cristo e Messias. Jesus, no hebraico/aramaico Yeshua, e no grego Iesous, significa “Jeová é Salvação”, ou simplesmente “Salvador”. Cristo, do grego, e Messias, do hebraico, significam “ungido”. Aplicados a Jesus, esses termos significam que ele é o Ungido prometido por Deus nas Escrituras.

A seguir, apresentamos uma lista dos vários nomes, títulos e termos empregados nas Escrituras para se referir ao Deus verdadeiro, acompanhados, quando necessário, de seus respectivos significados:

  • YHWH: Yahweh, transliterado para Javé ou Jeová, e significa “Eu sou o que sou” (Êxodo 3:13,14). Saiba mais sobre o que significa Jeová.
  • Yah: essa é a forma abreviada de Yahweh, e geralmente pode ser encontrada no livro de Salmos. Além disso, essa palavra também está presente na composição do termo Hallelu[Yah],  que significa “louve ao Senhor”. Saiba mais sobre o significado da palavra Aleluia.
  • El: um termo muito antigo para se referir a Deus, e a palavra mais comum nas línguas semíticas para se referir a uma divindade. Sua forma plural é Elim. Geralmente quando essa palavra é utilizada para se referir a Deus no Antigo Testamento, ela é acompanhada de um complemento formando um nome composto, como por exemplo, El Shaday.
  • Elohim: uma palavra hebraica que significa “Deus”. Essa palavra está em sua forma plural, mas quando aplicada com referência a Deus, o plural deve ser entendido como um plural de intensidade, ou seja, com relação ao Deus de Israel ela não significa “deuses”, mas unicamente Deus, enfatizando sua grandiosidade. A forma singular de Elohim é Eloah, utilizada principalmente pelo escritor do livro de Jó. Entenda melhor o significado de Elohim.
  • Elah: é uma palavra aramaica utilizada para se referir a Deus nos trechos do Antigo Testamento que foram escritos em aramaico, nos livros de Esdras e Daniel.
  • Adonai: uma palavra hebraica que está em sua forma plural denotando intensidade, e significa “Soberano”, “Senhor” ou “Amo”. Também aparece na forma apelativa “Meu Senhor”. Essa palavra é amplamente utilizada nas Escrituras, e sua forma singular é Adon. Saiba mais sobre o que significa Adonai.
  • Theos: essa é uma palavra grega muito utilizada no Novo Testamento e traduzida como “Deus”.
  • Hupsistos: uma palavra grega utilizada pelos escritores neotestamentários que significa “digníssimo”. Ela geralmente é traduzida como “Altíssimo”.
  • Pantokrator: um termo grego utilizado no Novo Testamento para se referir ao Deus onipotente. A Septuaginta, versão grega do Antigo Testamento, também utiliza esse termo para traduzir o significado de Todo-Poderoso.
  • Kyrios: mais uma palavra grega amplamente utilizada pelos escritores bíblicos do Novo Testamento, principalmente para se referir a Jesus. Seu significado genérico pode referir-se tanto a um homem poderoso como a uma divindade. A Septuaginta utiliza muito esse termo para traduzir o hebraico Yahweh.
  • Despotes: uma palavra grega utilizada tanto no Novo Testamento quanto na Septuaginta para se referir a Deus, transmitindo o significado de “Senhor”, “Dono” ou “Mestre”. O significado original desse termo não deve ser confundido com sua aplicação negativa na atualidade.

Principais títulos e nomes compostos de Deus

  • Yahweh Jirê: significa “O Senhor proverá” (Gênesis 22:13,14).
  • Yahweh Sabaote: significa “Senhor dos Exércitos” (Salmo 24:10).
  • Yahweh Tsidkenu: significa “Senhor Justiça nossa” (Jeremias 23:5-6).
  • Yahweh Nissi: significa “O Senhor é minha Bandeira” (Êxodo 17:15).
  • Yahweh Rafá: significa “O Senhor que sara” (Êxodo 15:26).
  • Yahweh Shalom: significa “O Senhor é paz” (Juízes 6:24).
  • Yahweh Raah: significa “O Senhor é o meu Pastor” (Salmo 23:1).
  • Yahweh Shamá: significa “O Senhor está presente” (Ezequiel 48:35).
  • Yahweh Kadesh: significa “O Senhor que vos santifica” (Êxodo 31:13).
  • Yahweh Elyon: significa “O Senhor Altíssimo” (Salmo 7:17).
  • Yahweh Elohim Yisra’el: significa “Senhor Deus de Israel” (Salmo 59:5).

Saiba mais sobre os significados de Jeová Nissi, Jeová Jirê, Jeová Rafá e outros.

  • El Shaday: significa “Deus Todo-Poderoso” (Gênesis 17:1).
  • El Elyon: significa “Deus Altíssimo” (Gênesis 14:18-20).
  • El Olam: significa “Deus Eterno” (Gênesis 21:33).
  • El Roi: significa “Deus que vê” (Gênesis 16:13).
  • El-Elohe-Yisra’el: significa “Deus é o Deus de Israel” (Gênesis 33:20).

Saiba mais sobre os significados de El Shaday e El Elyon na Bíblia.

Outros títulos, descrições e nomes de Deus

  • O Santo de Israel: do original Qedosh Yisra’el. Foi muito utilizado pelo profeta Isaías (Isaías 1:4).
  • O Poderoso de Israel: do original ‘Avir Yisra’el (Isaías 1:24).
  • A Força de Israel: do original Netsah Yisra’el. Foi empregado pelo profeta Samuel (1 Samuel 15:29).
  • Ancião de dias: do original aramaico ‘Attiq Yomin. Essa foi a expressão empregada pelo profeta Daniel para se referir a Deus em seu trono como Supremo Juiz (Daniel 7:9-22). Nesse mesmo texto Daniel também utilizou o termo aramaico Illaya, que significa “Altíssimo”.
  • Rocha: traduz os termos hebraicos sur (Deuteronômio 32:4) e sela’ (Salmo 18:2).
  • Rei: na Antiguidade era comum se referir a uma divindade como “rei”. O Deus de Israel é apresentado diversas vezes como o verdadeiro “Rei” do universo (Isaías 6:1,5).
  • Juiz: o Deus verdadeiro é apresentado nas Escrituras como o Juiz Supremo (Gênesis 18:25; Salmo 50; Atos 10:42).
  • Pastor: era comum que reis da Antiguidade se denominassem “pastores”, no sentido de expressar seu governo benevolente. A Bíblia apresenta compara Deus com a figura de um pastor, e apresenta Deus como o Pastor de Israel (Isaías 40:11). No Novo Testamento, Jesus Cristo é denominado o grande Pastor de suas ovelhas (Hebreus 13:20).
  • O Primeiro e o Último: esse título denota a eternidade e soberania de Deus, e é aplicado tanto no Antigo Testamento (Isaías 44:6), como no Novo Testamento na forma grega Alfa e Ômega, inclusive referindo-se a Cristo.

Muitos outros termos são aplicados pelos escritores Bíblicos para se referir a Deus como: Leão (Isaías 31:4,5), Deus dos Deuses (Deuteronômio 10:17), Deus Invisível (Colossenses 1:15), O Santo (Isaías 40:25), Deus Zeloso (Josué 24:19), Criador (Romanos 1:25), Oleiro (Romanos 9:20), Senhor dos Senhores (Salmo 136:3), Fogo Consumidor (Hebreus 12:29), Redentor (Jeremias 50:34), Libertador (2 Samuel 22:2), Salvador (Isaías 45:21), Torre Forte (Provérbios 18:10), Refúgio (Salmo 59:16), Escudo (2 Samuel 22:3), Esconderijo (Salmo 32:7), Sol (Salmo 84:11), Amparo (Salmo 18:18), Orvalho (Oséias 14:5) e muitos outros.

Realmente é bem difícil catalogar todos os títulos, descrições, palavras e nomes utilizados para se referir a Deus na Bíblia. No entanto, todos os títulos e nomes de Deus expressam, em diferentes aspectos, a plenitude, o poder, a força, a majestade, a grandiosidade e os demais atributos do indescritível Deus verdadeiro, o Criador dos céus e da terra.

Aplicativo de Estudo Bíblico

Você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. gabriel O usuário diz

    Muinto bom estuda sobre os nomes do criador essa pronucia Yhaweh ela e certa uma traduçao para o portugues seria javé e mao jeova……. Elohim esse e o nome dele foi manifestado a moises na sarsa ardente em fogo..

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.