O Que é o Amor de Deus? Estudo Sobre o Amor de Deus

O amor de Deus é algo impossível de ser compreendido em toda sua plenitude. A Bíblia diz que o próprio Deus é amor. Na verdade, por mais que apresentemos possíveis definições sobre o que é o amor de Deus, apenas aqueles que o experimentam é que entendem, mesmo que de forma limitada, o que realmente ele é. Vejamos neste estudo bíblico como a Bíblia define o amor de Deus.

O que a Bíblia diz sobre o amor de Deus?

A Bíblia diz que o amor é um dos atributos de Deus. Aqui é importante entender que quando falamos em “atributos” não estamos nos referindo a algum tipo de qualidade que possa ser acrescentada ao ser de Deus. Ao contrário disto, os atributos de Deus são àquelas características que descrevem a própria pessoa de Deus. Portanto, é impossível separar o ser de Deus de seus atributos. Saiba o que são os atributos de Deus.

É justamente por isso que o apóstolo João escreve dizendo que “Deus é amor” (1 João 4:8). Logo, o amor de Deus é parte integral de seu caráter, e por isso ele é insondável, incomparável, eterno, infinito, imutável, soberano e incondicional (Isaías 55:6,7; 62:10-12; 63:9; Jeremias 31;3,31-34; Oseias 11:8; Miqueias 7:18-20; João 3:16; 1 João 4:8,16,19).

Para se referir ao amor de Deus, os escritores do Novo Testamento geralmente utilizam o termo grego agape. Esse termo indica um tipo de amor tão profundo que cuida, zela, corrige e não se baseia em pré-condições. Isso significa que não há nada que possamos fazer para aumentar ou diminuir o amor de Deus para conosco, porque a fonte desse amor está no próprio Deus e não em nós. Entenda o que significa amor ágape.

A manifestação do amor de Deus

A Bíblia fala do amor de Deus para com todos os homens, indicando sua preocupação com as suas criaturas. Isso indica a bondade que o Criador sente para com suas criaturas. Sob esse aspecto, Ele ama os povos, guarda os peregrinos e ampara os órfãos e as viúvas (Deuteronômio 10:18; 33:3 Salmos 68:5; 146:9).

Esse cuidado de Deus é comum a todas as pessoas. Isso significa que Ele é bom para todos, por isso Ele faz com que o sol se levante sobre maus e bons, e a chuva caia sobre justos e injustos (Mateus 5:45; Salmos 145:9,15,16).

No entanto, a Bíblia também enfatiza que Cristo é a manifestação especial e particular do amor de Deus (João 3:16; Romanos 5:8; 8:31-39). O apóstolo Paulo escreve que “Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, ainda quando estávamos mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com Ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus” (Efésios 2:4-6).

Portanto, ao mesmo tempo em que Deus ama todas as suas criaturas, Ele também ama de forma especial aqueles que são justificados pelos méritos de Cristo, e adotados em sua família como seus filhos. A estes, Ele se comunica de forma mais rica e completa, revelando sua graça e misericórdia (João 16:27; Romanos 5:8; 1 João 3:1).

Todavia, é preciso entender que o sacrifício de Cristo no Calvário não é a causa do amor de Deus para conosco. Na verdade a cruz de Cristo é o efeito desse amor. Lembre-se que a maior prova do amor de Deus para conosco é o fato de Cristo ter morrido por nós, quando ainda estávamos sepultados em nossos pecados (Romanos 5:8).

Deus não passou a amar os redimidos no momento em que Cristo foi crucificado, ao contrário, Ele ama o seu povo desde a eternidade. Dessa forma a obra redentora de Cristo revela esse profundo e eterno amor (Efésios 1). Também é importante entender que o amor de Deus, como parte essencial do seu ser, não deve ser visto como sendo superior aos seus outros atributos. Ele não é mais amor do que justiça, por exemplo.

Algumas pessoas enfatizam apenas o amor de Deus e acabam diminuindo sua santidade, sua justiça, sua santa ira, sua soberania etc. O resultado disso é uma visão distorcida que de forma alguma representa o verdadeiro Deus conforme revelado nas Escrituras.

Receber Estudos da Bíblia

O amor de Deus em nós

A Bíblia diz que o amor de Deus está derramado amplamente em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado (Romanos 5:5). Esse amor é tão forte, que o apóstolo Paulo diz que nada poderá separar os redimidos do amor de Deus que está em Cristo Jesus (Romanos 8:39).

Esse profundo e intenso amor de Deus que nos é comunicado por sermos seu povo, nos capacita a amá-lo. Por nossa própria natureza contaminada pelo pecado, somos incapazes de amar a Deus e desejar aquilo que lhe agrada. Entenda o que é o pecado segundo a Bíblia.

Além disso, esse amor também nos leva a demonstrá-lo de forma prática em nossas vidas. Desse modo somos instrumentos pelos quais o amor de Deus brilha para o mundo. Por esse motivo o apóstolo João escreve que “aquele que não ama não conhece a Deus” (1 João 4:8).

5 comentários em “O Que é o Amor de Deus? Estudo Sobre o Amor de Deus”

  1. Que maravilha é o Amor de Deus, nos deixa sem graça o quanto Ele Deus nos ama, e as vezes não sabemos corresponder da maneira que convém.
    Paz seja convosco.

  2. Como posso explicar esse amor? Amor que não entendemos,não se pode explicar. Mesmo sendo Deus de amor Ele é deus de justiça e por causa e desse amor entregou seu único filho, para ser espancado terrivelmente e ser crucificado de uma forma perversa. Quem entregaria seu filho único para morrer no lugar de um povo pagador. Que Amor e esse?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close