Quem Foi o Gigante Golias?

Praticamente todos os cristãos sabem quem foi Golias por conta de uma das histórias bíblicas mais conhecidas, a saber, a história de Davi e Golias. Porém, muita gente possui algumas curiosidades sobre ele, principalmente no que se diz sobre sua altura. Neste texto aprenderemos um pouco mais sobre o que a Bíblia diz acerca do gigante Golias.

Quem foi Golias?

Golias foi um gigante de Gate que servia ao exército filisteu (1Sm 17:4). Golias provavelmente descendia dos refains, um povo aborígine que vivia na região de Amom, e que possuía grande estatura. Esse povo foi disperso pelos amorreus (Dt 2:20,21; Sm 21:22), e uma parte remanescente se refugiou entre os filisteus. Alguns estudiosos sugerem também que Golias possa ter sido um descendente dos anaquis, que também eram conhecidos pela estatura elevada (Nm 13:33; Js 11:22).

Algumas tradições judaicas oriundas da literatura rabínica, registram muitas histórias sobre o gigante Golias, algumas consideradas como lendas por muitos estudiosos. De acordo com esses relatos judaicos, Golias teria sido um filho de ilegítimo de Orfa, nora de Noemi e cunhada de Rute, que acabou voltando para seu povo e para o paganismo de Moabe (Rt 1:14). Também contam que teria sido Golias quem matou os dois filhos de Eli e roubado a Arca da Aliança (1Sm 4:11-17). Entretanto, a Bíblia não faz referência a nenhuma dessas suposições.

A Vulgata chama Golias de “bastardo”, enquanto a Septuaginta o chama de “o intermediário”. Já o texto hebraico refere-se a ele como o “homem dos intervalos” (1Sm 17:4,23), no sentido de ele ser um homem que se consagra campeão no espaço entre dois exércitos adversários.

Qual era a altura de Golias?

A altura de Golias sempre é definida como uma altura aproximada, isso porque o côvado usado para designar a sua altura pode variar alguns poucos centímetros dependendo da interpretação. Além disso, a Septuaginta (versão grega do Antigo Testamento) e a obra de Flávio Josefo, dizem que Golias media 4 côvados e 1 palmo, aproximadamente 2,20 metros de altura. Já o texto hebraico afirma que o gigante Golias media 6 côvados e 1 palmo, ou seja, aproximadamente 3,20 metros de altura.

Enquanto os 2,20 metros parece algo mais plausível para nossos padrões atuais, visto que muitas pessoas em nossos dias alcançam essa estatura, a medida de 3,20 metros também é completamente possível, visto que esqueletos humanos de estatura semelhante e aproximadamente da mesma época, foram descobertos em escavações arqueológicas na Palestina.

Davi e Golias: a morte de Golias

A Bíblia nos esclarece que o gigante Golias foi morto por Davi no vale de Elá (vale do Carvalho), entre Socó e Azeca, no termo de Damim. Os israelitas liderados por Saul, acamparam numa encosta do vale de Elá, enquanto os filisteus acabaram na encosta oposta. Havia um riacho que corria sob um vale estreito e separava os dois exércitos.

Golias era o campeão filisteu, e usava um capacete de bronze, uma armadura de escamas e portava uma espada e uma lança. Um escudeiro caminhava à frente de Golias no combate. O fato de dois guerreiros se enfrentarem para definir uma batalha, é um costume datado a pelo menos dois mil anos antes de Cristo.

No duelo entre Davi e Golias existia um forte caráter religioso, confirmado num conhecido versículo do livro de 1 Samuel:

Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.
(1 Samuel 17:45)

A derrota de Golias, muito provavelmente, gerou nos filisteus a convicção de que o Deus de Israel havia derrotado seus deuses. A espada de Golias foi guardada no santuário em Nobe, e, posteriormente, foi dada a Davi pelo sacerdote Aimeleque, quando Davi estava fugindo de Saul (1Sm 21:9).

Receber Estudos da Bíblia

A polêmica sobre quem matou o gigante Golias

Existe uma polêmica sobre uma suposta contradição em relação a morte do gigante Golias. Essa suposição acontece pelo fato de que em 1 Samuel 17, e outras passagens bíblicas (1Sm 19:5; 21:9; 22:10,13), claramente a história afirma que Davi foi quem matou Golias, mas em 2 Samuel 21:19, é dito que Elanã, filho de Jaaré-Oregim, foi quem feriu Golias, o geteu, de cuja lança era a haste como eixo de tecelão.

Houve mais outra peleja contra os filisteus em Gobe; e El-Hanã, filho de Jaaré-Oregim, o belemita, feriu Golias, o giteu, de cuja lança era a haste como órgão de tecelão.
(2 Samuel 21:19)

Alguns estudiosos sugerem que “Elanã” pode ter sido outro nome de Davi, algo semelhante ao que ocorreu com Salomão, que carregava o nome adicional de “Jedidias” (2Sm 12:25). Porém, o contexto da passagem de 2 Samuel nos mostra que possivelmente o momento histórico é completamente diferente do momento da morte de Golias por Davi descrita nas outras passagens. Outros sugerem que esse Golias citado em 2 Samuel, era, na verdade, filho do gigante Golias morto por Davi, o que seria algo normal, visto que muitas vezes os filhos herdavam o nome dos pais.

O texto que finalmente resolve esse aparente problema, está em 1 Crônicas 20:5. Esse texto esclarece que Elanã feriu, na verdade, o irmão de Golias, cujo o nome era Lami:

E tornou a haver guerra com os filisteus; e El-Hanã, filho de Jair, feriu a Lami, irmão de Golias, o giteu, cuja haste da lança era como órgão de tecelão.
(1 Crônicas 20:5)

Comparando o texto de 2 Samuel 21 com o texto de 1 Crônicas 20, percebemos que trata-se de uma passagem correspondente, ou seja, narram a mesma história. Logo, se Elanã matou Lami, irmão de Golias, permanece a dúvida do porquê o texto de 2 Samuel usa o nome “Golias” ao invés de “Lami”. Duas explicações para isso são propostas. A primeira sugere que possivelmente pode ter ocorrido um erro de copista no livro de 2 Samuel, onde a expressão “irmão de Golias”, pode ter sido alterada por causa de uma pequena mudança do hebraico, ficando simplesmente Golias. A outra explicação sugere que o nome “Golias” em 2 Samuel se refere a Lami, porém seu uso não seria um erro devido a um possível costume de membros da mesma família serem conhecidos pelo mesmo nome, geralmente o nome do membro mais proeminente, ou seja, embora o nome “Golias” em 2 Samuel cause alguma confusão para nós, seu uso foi perfeitamente compreendido pelos leitores antigos.

Seja como for, podemos concluir que não ocorre nenhuma suposta contradição bíblica nesse texto. Fica claro que Davi matou Golias, e que Elanã matou um parente de Golias por nome de Lami. Também vale ressaltar que Golias não foi o único gigante recrutado no exército filisteu. Os textos citados de 2 Samuel e 1 Crônicas nos mostram que havia outros homens de grande estatura descendentes dos gigantes no exército filisteu, e que foram mortos pelos homens de Davi.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar