O Que a Bíblia Diz Sobre Embriaguez?

A Bíblia diz claramente que a embriaguez é pecado. Diversos textos bíblicos destacam os malefícios da embriaguez no que diz respeito à moralidade, à espiritualidade e à saúde física. Na verdade os homens têm lidado com o problema da embriaguez desde os tempos mais remotos, e a história bíblica confirma isto.

Personagens bíblicos que se embriagaram

São vários os exemplos de personagens bíblicos que acabaram se embriagando. Em muitos desses casos a embriaguez resultou em consequências terríveis. Antes mesmo do dilúvio a Bíblia parece indicar que os homens já tinham o costume de utilizar bebidas alcoólicas (cf. Mateus 24:37-39).

Mas foi após o dilúvio que encontramos na Bíblia o primeiro registro explicito de alguém embriagado. Essa pessoa foi Noé, o grande patriarca que achou graça aos olhos do Senhor. Isso mostra, inclusive, que até mesmo os homens mais piedosos podem se deixar levar pela cilada da embriaguez (Gênesis 9:20-24).

Noé plantou uma vinha e se embriagou com vinho. Com sua noção da realidade distorcida e seus sentidos completamente alterados, Noé acabou se despindo. O resultado disso foi o pior possível. Seu filho, Cam, não o respeitou e acabou expondo-o à vergonha. Essa atitude teve consequências drásticas, pois Cam perdeu sua benção e a linhagem de seu filho, Canaã, foi amaldiçoada.

Outro caso triste de embriaguez na Bíblia ocorreu com , sobrinho de Abraão. Ele foi embriagado com vinho por suas filhas que se aproveitaram para ter relações incestuosas com o próprio pai (Gênesis 19:30-35). Dessas relações nasceram dois meninos que deram origem a dois povos que causaram muitos problemas para o povo de Israel: os moabitas e os amonitas.

Com o passar do tempo, parece que a embriaguez continuou sendo algo comum entre as pessoas. O modo com que o sacerdote Eli julgou Ana num primeiro momento, por exemplo, pode ser um indicativo disso. Ao vê-la orando, ele pensou que aquela que seria a mãe do profeta Samuel estivesse embriagada (1 Samuel 1:13,14).

Nabal, o inconsequente esposo de Abigail, também é outro exemplo de alguém que aparece embriagado na Bíblia (1 Samuel 25:36). Amnom, um dos filhos de Davi, acabou morto enquanto estava embriagado com vinho (2 Samuel 13:28). O próprio rei Davi tentou usar a possibilidade da embriaguez, ao embebedar Urias, para tentar encobrir seu pecado com Bate-Seba (2 Samuel 11:12,13). Alguns reis, tanto de Israel como de outras nações, também são citados num contexto de embriaguez (cf. 1 Reis 16:8-10; 20:16; Daniel 5:1-4,23).

Receber Estudos da Bíblia

As recomendações bíblicas contra a embriaguez

No Antigo Testamento os sacerdotes eram proibidos de oficiarem no Tabernáculo embriagados (cf. Levítico 10:8-11). Os reis também eram aconselhados a não caírem no erro da embriaguez para que não tivessem sua capacidade de discernimento prejudicada e se esquecessem das leis (Provérbios 31:4,5).

Na sequência, o mesmo texto indica que a embriaguez caracteriza uma vida sem perspectiva (Provérbios 31:6,7). Ainda no livro de Provérbios é possível encontrar outras exortações sobre o caráter prejudicial da embriaguez (cf. 23:39-35). Através do profeta Isaías, o Senhor também denunciou aquelas pessoas que viviam embriagadas (Isaías 5:11; 28:1-8).

No Novo Testamento o mesmo posicionamento contrário à embriaguez é mantido. O próprio Senhor Jesus Cristo advertiu seus seguidores que esperam seu retorno a se precaverem de certos comportamentos, dentre os quais estava a embriaguez (Lucas 21:34). O apóstolo Pedro indicou que a embriaguez, juntamente com outros vícios, são comuns àqueles que vivem de modo contrário à vontade de Deus (1 Pedro 4:2,3).

É dessa mesma forma que o apóstolo Paulo também escreveu sobre a embriaguez em suas epístolas. Ele classificou esse comportamento como uma das obras da carne, e repreendeu severamente os cristãos que, por acaso, estivessem envolvidos com o alcoolismo ou a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, ainda que ocasionalmente (cf. Romanos 13:13; 1 Coríntios 6:9-11; 11:20,21; Gálatas 5:21). O mesmo apóstolo escreveu o importante conselho: “Não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito” (Efésios 5:18). Entenda melhor se beber bebida alcoólica é pecado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close