O Que é Oblação e Libação? Qual o Significado Dessas Palavras?

Oblação é uma oferta voluntária a Deus. A palavra “oblação” aparece muitas vezes na Bíblia para traduzir o significado de pelo menos três palavras hebraicas:

  1. Minhah: termo geral utilizado para oferta.
  2. Teruma: geralmente traduzida como “ofertas movidas”.
  3. Qorban: geralmente usada em relação a uma oferta de manjares.

Precisamos também considerar a amplitude dos termos hebraicos, de modo que incluem ofertas de todos os tipos, ou seja, desde a oferta pacífica até utensílios de metais preciosos, ou até mesmo uma propriedade oferecida/dedicada ao Senhor. A oblação pode expressar, em alguns casos, a consciência no ofertante de seu estado como pertencente a Deus.

Se você quiser saber mais sobre os tipos de sacrifícios descritos no Antigo Testamento, leia nosso texto “Os Sacrifícios no Antigo Testamento“.

Apesar de a oblação estar diretamente ligada ao sistema sacrifical do Antigo Testamento, no Novo Testamento aprendemos que cada o cristão verdadeiro deve ofertar o seu próprio corpo como um “sacrifício vivo, santo e agradável a Deus” (Rm 12:1). A forma com que devemos fazer isso é através do nosso culto racional.

Encontramos esse mesmo ensinamento de uma forma muita clara na Epístola aos Hebreus, onde seu autor escreve dizendo que devemos oferecer a Deus “sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome” (Hb 13:15).

Na tradução grega de Levítico 7:11-21, encontramos a mesma expressão utilizada aqui em Hebreus, porém em Levítico a referência é sobre um tipo de sacrifício pacífico, no qual um animal era sacrificado. Entretanto, o significado aqui em Hebreus é similar ao que encontramos em Salmo 50:14 e 23, onde o Senhor pediu “sacrifícios de ações de graça” ao invés de sacrifício de animal.

O que é Libação?  

Libação é a palavra que se refere ao ato de derramar um líquido sobre o altar como parte do sacrifício oferecido. No Antigo Testamento, vemos que a libação era um costume entre os hebreus:

E queimou o seu holocausto, e a sua oferta de alimentos, e derramou a sua libação, e espargiu o sangue dos seus sacrifícios pacíficos sobre o altar.
(2 Reis 16:13)

Geralmente era usado vinho puro na libação, mas, às vezes, mel e água também podiam ser misturados no vinho. A quantidade do líquido usado na libação foi designada no livro de Números (15:5), onde ficou estabelecido que deveria ser a quarta parte de um him.

E de vinho para libação prepararás a quarta parte de um him, para holocausto, ou para sacrifício para cada cordeiro.
(Números 15:5)

O him equivaleria atualmente a 3,47 litros. Para saber mais sobre as unidades de medidas usados na Bíblia leia o estudo bíblico “Pesos e Medidas Bíblicas“.

No Novo Testamento o Apóstolo Paulo faz referências à libação. Diante de sua morte iminente, o Apóstolo escreveu a Timóteo dizendo que sua vida já estava sendo oferecida por libação:

Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo.
(2 Timóteo 4:6)

Receber Estudos da Bíblia

Com isso, ele estava dizendo que entendia sua morte como um tipo de oferta a Cristo, no sentido de que ele daria a sua própria vida como gratidão por tudo o que Cristo havia feito por ele.

Antes, o Apóstolo também havia feito referência a libação ao escrever sua Epístola aos Filipenses:

Contudo, ainda que eu seja derramado como libação sobre o sacrifício e serviço da vossa fé, folgo e me regozijo com todos vós;
(Filipenses 2:17)

Sabemos que Paulo tinha o grande objetivo de se doar ao máximo em favor da obra de Deus, e, neste versículo, ele estava considerando a provável possibilidade de seu martírio futuro.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

2 Comentários

  1. Parabéns querido pela a tão brilhante exposição de um assunto tão fundamental para o nosso enrequecimento teológico.
    Deus o abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar