O Que é Oração? Qual é o Significado da Oração?

A oração é o diálogo do crente para com Deus. Isso significa que orar é basicamente falar com Deus. Se Deus fala conosco através das Escrituras, nós falamos com Ele através da oração.

Então a oração é uma parte fundamental do nosso relacionamento com o Senhor. Através da oração, sob a base dos méritos de Cristo, nós podemos ter uma vida de comunhão com Deus. O verdadeiro cristão entende que a oração deve ser uma prática constante durante toda sua vida.

O que a Bíblia diz sobre a oração?

Do começo ao fim a Bíblia destaca a prática e a importância da oração. Logo nos primeiros capítulos do primeiro livro da Bíblia, lemos sobre como o Senhor começou a ser invocado na descendência de Sete (Gênesis 4:26). Esse padrão segue por toda narrativa bíblica até o seu último livro, onde lemos sobre como a oração do santos sobem como incenso diante do trono de Deus (Apocalipse 5:8; 8:3,4).

A Bíblia não traz um regulamento acerca de uma postura física específica que deve ser adotada na oração. Nos tempos bíblicos, na maioria das vezes as orações eram feitas em pé (cf. 1 Samuel 1:26). Mas em certas ocasiões as pessoas também oravam ajoelhadas, prostradas, com as mãos estendidas ou levantadas (cf. 1 Reis 8:22-54; 18:42; Salmos 63:4; Isaías 1:15; Daniel 6:10).

Mas se a Bíblia não procura colocar ênfase na regulamentação de uma postura física para a oração, por outro lado ela enfatiza qual deve ser o espírito correto ao orar. A oração deve ser feita, antes de tudo, com fé. Se orar é falar com Deus, obviamente é necessário que haja fé e confiança em Deus por parte daquele que ora (Jeremias 29:12-14; Hebreus 3:12; 11:6; Tiago 1:5-8; 5:15).

Na oração correta também não há espaço para a hipocrisia e soberba. Na verdade a genuína oração a Deus exige humildade, sinceridade, consciência do pecado e entendimento acerca da grandeza e da santidade de Deus. A Parábola do Fariseu e o Publicano fala exatamente sobre isto (Lucas 18:9-14).

A Bíblia também diz que a oração deve ser fervorosa e perseverante (Lucas 11:5-13; 18:1-8). Também é através da oração que podemos vencer as tentações malignas e as inclinações pecaminosas de nossa carne. Jesus ensina que é pela oração que podemos rogar ao Pai para que não venhamos cair em tentação (Mateus 6:4).

Além disso, não podemos orar a Deus confiando em nossas próprias qualidades; mas devemos orar a Deus confiando nos méritos de Cristo. Por isto o Novo Testamento nos ensina que nossas orações devem ser feitas em nome de Jesus Cristo (João 14:13,14; 15:16; 16:23,24).

Exemplos de oração na Bíblia

No Antigo Testamento temos vários exemplos de pessoas que se dedicaram a oração. Os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó eram pessoas que tiveram uma vida ativa de oração (cf. Gênesis 18:22,23; 20:17; 25:21; 32:9-12). Moisés também frequentemente orava a Deus (Êxodo 32:31; cf. Números 14:13-19; etc.). Seu sucessor, Josué, também era uma pessoa que tinha consciência da eficácia da oração (cf. Josué 10:12-15)

Na vida de cada um dos profetas temos referências claras à oração. O profeta Elias, por exemplo, é um dos mais lembrados quando o assunto é oração (1 Reis 18:36-38). Inclusive, Tiago cita Elias em sua epístola no Novo Testamento destacando vida de oração do profeta. Entre os profetas escritores, profetas como Isaías e Jeremias eram pessoas de oração. O livro do profeta Habacuque, por exemplo, é basicamente um precioso registro de seus diálogos com Deus (Habacuque 2:1-2; 3:2,16).

Outro personagem bíblico que também se dedicava regularmente à oração e à adoração era Jó (Jó 1:5). Nos livros de Salmos e Provérbios também podemos aprender muito sobre a oração a Deus (Salmos 6:9; 61:1; 66:19; 102:1,17; Provérbios 15:8,29; 28:9; etc.). Na verdade o livro de Salmos reúne a maior coletânea de orações da Bíblia. Nele encontramos orações de louvor, súplica, intercessão, confissão, precatórias e ação de graças.

Na época do exílio e no pós-exílio, também encontramos na Bíblia exemplos de pessoas envolvidas na oração (Esdras 9:5-15; Neemias 1:5-11; 9:10; Daniel 9:3-19; etc.). Já no Novo Testamento temos em Jesus nosso maior exemplo de oração. Definitivamente a vida terrena de Jesus foi uma vida de oração (Lucas 3:21,22; 6:12; 9:18-28; 21:37; 22:40-44). Jesus se preocupou em ensinar seus discípulos a orar; e até mesmo na cruz Ele orou ao Pai (Mateus 6:9-13; Lucas 23:34).

Receber Estudos da Bíblia

As diferentes características e significados da oração

A Bíblia diz que através da oração nós podemos: adorar a Deus; agradecê-lo por tudo e render-lhe graças; apresentar a Ele nossas ansiedade e inquietudes; confessar nossos pecados e buscar o perdão; declarar nossa devoção a Ele; e suplicar por suas bênçãos e seu socorro, não apenas para nós mesmos, mas também para outras pessoas.

Por isso podemos falar sobre a oração em suas variadas formas, como: oração de louvor e adoração; oração de ações de graça; oração de súplica e de intercessão; e oração de confissão e contrição pelo pecado. A oração do Pai Nosso, por exemplo, reúne adoração, petição e confissão (Mateus 6:9-13; Lucas 11:2-4). Todas essas características revelam que quando oramos falamos com Deus sobre Ele mesmo, sobre nós mesmos e sobre as pessoas que vivem neste mundo.

A oração pode ser feita individualmente, isto é, de forma privada. Há vários exemplos na Bíblia de pessoas que oravam a Deus em particular. O profeta Daniel, por exemplo, orava a Deus em seu quarto três vezes ao dia (Daniel 6:10). O Senhor Jesus também orava de forma reservada. Muitas vezes Ele se retirava para o deserto com o objetivo de orar (Lucas 5:16). Inclusive, Ele ensina seus seguidores a orar a Deus de forma particular (Mateus 6:6).

Mas a oração também pode ser feita de forma coletiva, ou seja, com outras pessoas. O livro de Atos registra como os crentes da igreja primitiva se reuniam para juntos levantarem suas vozes a Deus em oração (Atos 4:24). Além disso, o próprio Jesus garantiu que onde estivessem dois ou três reunidos em seu nome, Ele estaria no meio deles (Mateus 18:19,20). Tudo isto explica o importante significado da oração.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar