Quem Escreveu o Livro de Atos dos Apóstolos?

Quem escreveu o livro de Atos dos Apóstolos foi o evangelista Lucas, o médico companheiro de viagens missionárias do apóstolo Paulo. Lucas não apenas escreveu o livro de Atos, mas também o terceiro Evangelho que traz seu nome.

Evidências de que Lucas foi quem escreveu o livro de Atos

Alguns poucos críticos já tentaram contestar a autoria do livro de Atos por parte de Lucas, mas sem nenhum sucesso. Em geral, tais críticos defendem uma fraca teoria de que o livro de Atos foi escrito entre os anos de 105 e 130 d.C. Seu autor teria sido alguém que utilizou, inclusive, os escritos do historiador judeu Flávio Josefo como fonte para sua obra.

Porém, a tradição cristã é unânime em afirmar que Lucas foi quem escreveu Atos dos Apóstolos. Desde muito cedo, entre os séculos 2 e 4 d.C., a Igreja já dizia que o médico missionário era o autor do livro do livro de Atos.

Além disso, lideres da Igreja em seus primeiros anos disseram que realmente quem escreveu o livro de Atos foi Lucas, entre eles: Irineu (c. 130-202 d.C.), Clemente de Alexandria (153-217 d.C.) e Eusébio (c. 325 d.C.). O Cânon Muratoriano também indica Lucas como autor de Atos.

O testemunho da Igreja a favor da autoria de Lucas está em harmonia com as evidências internas do próprio livro de Atos e do Novo Testamento. Sem dúvida a narrativa neotestamentária parece indicar Lucas como o autor do livro de Atos. Em primeiro lugar, o livro de Atos dos Apóstolos nitidamente é uma continuação da narrativa do Evangelho de Lucas. Ambos os livros são endereçados a mesma pessoa: Teófilo (Lucas 1:3; Atos 1:1).

Em segundo lugar, em algumas narrativas o autor do livro de Atos se coloca como testemunha ocular dos fatos. Ele utiliza a primeira pessoa do plural (Atos 16:10-17; 20:5-15; 21:1-18; 27:1-28:16).

Isso significa que o autor estava junto do apóstolo Paulo durante partes de sua segunda e terceira viagens missionárias. Ele também esteve presente na viagem do apóstolo a Roma como prisioneiro. Em Colossenses 4:14, Paulo revela que estava em companhia de Lucas. Conheça a história completa de Paulo de Tarso.

Em terceiro lugar, o estilo literário de Atos e os termos específicos utilizados em sua narrativa são condizentes com o que se sabe sobre a pessoa de Lucas. O autor do livro de Atos dos Apóstolos se mostra uma pessoa muito culta. Ele emprega um grego muito refinado em sua narrativa, o mesmo presente no terceiro Evangelho.

O escritor de Atos também estabelece uma organização impecável dos fatos registrados em sua obra. Isso mostra sua grande capacidade analítica e sistemática, e indica um verdadeiro trabalho de historiador.

Tanto no Evangelho de Lucas quanto no livro de Atos dos Apóstolos, o autor se mostra bastante meticuloso na descrição de doenças. É fácil perceber no livro que seu autor utiliza termos médicos específicos. Apesar de isoladamente isto não ser uma prova da autoria de Lucas, certamente é considerável o fato de que ele era um médico. Saiba quem foi o evangelista Lucas.

Receber Estudos da Bíblia

Quando e para quem o autor escreveu o livro de Atos?

O autor do livro de Atos esclarece que o destinatário primário de sua obra era um homem chamado Teófilo. Possivelmente esse homem era um gentio convertido ao cristianismo. Alguns estudiosos acreditam que talvez ele tenha sido um benfeitor de Lucas. Saiba quem foi Teófilo na Bíblia.

Todas as evidências indicam que o livro de Atos foi escrito antes da queda de Jerusalém em 70 d.C. A data mais provável indica algum momento entre os anos de 60 e 64 d.C.

Apesar do autor do livro de Atos ter destinado primariamente sua obra a uma pessoa específica, isso não apaga a verdade de que o conteúdo de sua obra é de interesse de todos os cristãos. O livro de Atos dos Apóstolos indica qual é a missão e o propósito da Igreja, ao mesmo tempo em que revela a forma com que o Espírito Santo capacitou os primeiros cristãos para que estes propagassem o Evangelho pelo mundo.

Além disto, pode-se dizer que mais importante do saber quem escreveu o livro de Atos dos Apóstolos, é entender que esse livro é uma orientação do próprio Deus a sua Igreja.

Tag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close