Quem Escreveu o Livro de Reis?

Não é possível dizer quem escreveu o livro de Reis da Bíblia. O que se sabe é que o autor desconhecido escreveu uma única obra que era chamada na Bíblia hebraica de “Reis”. Mais tarde essa obra acabou sendo dividida em duas partes que nas traduções da Bíblia para nossa língua foram denominadas “1 Reis” e “2 Reis”.

Mas ao longo do tempo algumas sugestões de possíveis autores do livro de Reis acabaram surgindo. Nomes como o do profeta Jeremias, por exemplo, foram apontados como possíveis escritores do livro de Reis.

Quando o escritor de Reis escreveu esse livro?

Tudo parece indicar que o livro de Reis foi escrito entre 560 e 538 a.C. Isso significa que o livro de Reis foi escrito entre a metade e o período final do cativeiro babilônico. O autor de Reis termina sua obra falando sobre o rei Joaquim no exílio da Babilônia (2 Reis 25:27-30). Esses acontecimentos tiveram lugar em aproximadamente 560 a.C.

Mas por outro lado, o autor de Reis não menciona o retorno do povo judeu à terra de Judá em 538 a.C.; o que provavelmente quer dizer que o livro foi concluído antes dessa data. Então o escritor de Reis contou a história da monarquia em Israel desde os últimos dias do reinado do rei Davi até os dias do rei Joaquim vivendo exilado na Babilônia, percorrendo então quase quatro séculos de história.

Para contar essa história, quem escreveu o livro de Reis usou vários registros como fonte de composição para sua obra. Esses registros consistiam de materiais monárquicos e relatos proféticos. O próprio escritor do livro de Reis afirma que utilizou o “Livro da História de Salomão”, o “Livro da História dos Reis de Israel” e o “Livro da História dos Reis de Judá” (1 Reis 11:41; 14:19-29).

Também parece haver uma conexão entre trechos do livro de Isaías e trechos do livro de Reis (Isaías 36:1-39:8; 2 Reis 18:9-20:19). Além disso, o relato de 2 Reis 25:27-29 provavelmente indica ter sido baseado no texto de Jeremias 52:31-34.

Receber Estudos da Bíblia

O que se sabe sobre quem escreveu o livro de Reis?

A tradição judaica afirma que o profeta Jeremias pode ter sido o escritor do livro de Reis. De fato essa sugestão não é impossível, mas tem sido tratada pelos eruditos como pouco provável. Isso porque quem escreveu o livro de Reis parece ter vivido na Babilônia, e o profeta Jeremias nunca foi àquela cidade. Em vez disso, Jeremias, já idoso, acabou indo ao Egito (Jeremias 43:1-7). Além do mais, na data mais recuada possível para o livro de Reis ter sido escrito (561 a.C.) o profeta Jeremias não teria menos que oitenta e seis anos de idade.

Por tudo isso os estudiosos continuam afirmando que a melhor posição acerca de quem escreveu o livro de Reis é admitir que a identidade do autor seja absolutamente desconhecida. O que se sabe é que essa pessoa misteriosa viveu durante o exílio na Babilônia e realmente teve acesso a fontes privilegiadas do registro da monarquia em Israel e Judá.

Algumas pessoas também sugerem que parte do livro de Reis talvez já estivesse pronta antes do exílio, e que o escritor bíblico utilizou esse material e o ampliou dando a forma final que conhecemos. Mas novamente, não é possível validar essa hipótese.

Pela ênfase que o escritor do livro de Reis dá ao ministério profético conforme narra os episódios envolvendo as cortes do Reino do Norte e do Reino do Sul, alguns comentaristas também têm sugerido que talvez quem escreveu o livro de Reis pode ter sido um profeta do Senhor cujo nome não ficou registrado explicitamente no texto bíblico.

Mas seja como for, o importante é entender que esse escritor desconhecido registrou palavra por palavra de sua obra conforme a inspiração e orientação do Espírito Santo; o que torna em última análise o próprio Deus o autor do livro de Reis. Por isso esse livro – que hoje chamamos de 1 Reis e 2 Reis – abençoou não apenas a comunidade judaica do pós-exílio, mas tem abençoado todo o povo de Deus desde então.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar