Quem Sobe no Seu Barco?

Alguns dias atrás eu estava conversando com meu cunhado e ele trouxe uma ideia interessante sobre um personagem que aparece na Bíblia e que nem ao menos sabemos o seu nome. Apenas o conhecemos como o capitão do navio que o profeta Jonas embarcou.

Pensei bastante sobre isso, e admiti que todos nós conhecemos bem essa história. Embora prestemos bem mais atenção em Jonas, sabemos também que aqueles marinheiros foram afetados por uma questão que não estava relacionada a eles.

Mas e o capitão daquele navio? Você já pensou sobre o que ele deve ter passado durante aqueles momentos de tempestade? Qual lição aquele capitão pode nos ensinar? A verdade é que aquele capitão anônimo, com seus erros e acertos, ensinou algumas lições que todos nós deveríamos aprender.

Agir no tempo certo

Para pensarmos sobre isso, vamos esquecer o problema de Jonas. O que sabemos é que um navio estava no porto, prestes a partir. Então um homem pagou a passagem e embarcou. De repente, durante a viajem, uma tempestade atingiu o barco e quase causou um naufrágio.

O capitão não teria como saber quem era aquele homem. Ele não conseguia controlar tão especificamente quem subia ou não em seu navio. Alguém pagou a passagem e estava apto a viajar. Porém o capitão tinha um poder de decisão muito importante: controlar que permanece no navio.

Esse tipo de decisão talvez seja uma das mais difíceis de saber tomar corretamente. Isso não apenas para os líderes, mas para qualquer pessoa em todas as áreas da vida. Já ouviu alguém dizer que é preciso agir no tempo certo? Pois é, como se isso fosse fácil. Se agirmos antecipadamente corremos o risco de praticarmos um pré-julgamento. Se demoramos a agir, corremos o risco de termos nosso barco destruído.

De onde vem a tempestade?

Muitas pessoas não prestam muita atenção nesse ponto. Elas até pregam que Jonas causou aquela tempestade. Mas na verdade Jonas apenas era o motivo da tempestade. Aquela tempestade foi causada pelo próprio Deus. Às vezes isso pode parecer um pouco contraditório para nós. Volta e meia oramos a Deus para que Ele acalme alguma tempestade em nossas vidas, só que não percebemos que o próprio Deus pode ter causado essa tempestade.

As tempestades podem ser causadas por muitos fatores: pessoas, nós mesmos, os problemas cotidianos da vida, demônios, etc. Para essas tempestades corremos direto para o auxilio de Deus, porque Ele pode acalmar. Mas quem acalma a tempestade causada por Deus?

Receber Estudos da Bíblia

Quem sobe no seu Barco?

Na maioria das vezes não temos como saber quem sobe em nosso barco. Talvez uma pregação bonita já dê direito a um bilhete para o embarque. Ser um ótimo cantor também já credencia alguém. Ser de boa família, ser inteligente, galanteador, alguém com uma beleza incomum, também muitas vezes tem livre acesso ao nosso barco. Promessas encantadoras, profecias e revelações, cargos na igreja, sucesso profissional, enfim, o que autoriza alguém a subir em seu seu barco e até tirar um cochilo?

Talvez você esteja lendo esse texto em plena tempestade. Talvez você esteja até se perguntado: o que devo fazer? Já joguei muitas coisas para fora do barco, mas nada parece aliviar. Ei! Você já viu quem está dormindo no seu porão?

O maior erro daquele capitão não foi ter deixado Jonas subir no navio. Ele realmente não tinha como saber. Mas o maior erro dele foi ter tentado remar para a costa depois de ter descoberto o motivo da tempestade. Isso quase custou o seu navio.

Não podemos agora julgar o capitão por essa atitude, porque esse processo é muito difícil. Geralmente as coisas que temos que jogar do nosso barco são muito valiosas para nós. Note que aqueles homens estavam jogando tudo para fora do navio para tentar conseguir se salvar. Com certeza aquelas eram coisas de valor e importantes. Ninguém ninguém fica carregando em um navio de um lado para outro, coisas sem valor algum (se você fica, então seu problema é realmente muito sério).

Decidir quem permanece em nosso barco é uma decisão que envolve compreender o propósito de Deus para nossas vidas, e às vezes não só para a nossa, mas também para a vida de outras pessoas: aquelas que permanecem conosco no barco e as que precisam sair do barco.

Uma lição para os líderes

Uma vez um líder me disse: “É muito difícil jogar alguém para fora do barco porque isso parece que expõe o nosso fracasso como capitão”. Isso é realmente uma situação bem difícil, até porque geralmente nos esquecemos de que o fato de tirarmos alguém do navio não significa acabar com essa pessoa, mas muitas vezes, é necessário tirar alguém do barco para promover um crescimento e uma experiência determinante dessa pessoa com Deus. Manter alguém escondido em nosso porão significa privar esse alguém de algo maior. É limitá-lo apenas a ficar dormindo enquanto o barco navega.

Os líderes devem entender que o sucesso de um capitão é medido por manter a embarcação navegando, enquanto identificamos o chamado de Deus para cada um dos nossos tripulantes, seja em dias tranquilos ou em tempestades. Se Jonas não tivesse sido jogado para fora daquele barco, muito provavelmente hoje não conheceríamos uma das histórias mais fantásticas da Bíblia. Saiba mais sobre o que é a Bíblia.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Um Comentário

  1. amado … louvo a Deus pela sua vida .. pois sua pregação deus falou poderosamente ao meu coração…. que Ele te abençoe poderosamente … amem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar