Quem São os Serafins? O Que Significam os Serafins na Bíblia?

Serafins são seres da ordem dos anjos que servem constantemente em torno do trono de Deus. É difícil falar detalhadamente quem são os serafins porque eles são citados somente numa única passagem da Bíblia (Isaías 6:2-6).

Provavelmente a palavra hebraica serafins significa “abrasadores”, embora seja difícil afirmar de forma definitiva. Essa mesma palavra é traduzida como “serpentes ardentes” em Números 21:6. Já no livro de Isaías, ao se referir a seres angelicais, o termo hebraico em sua forma plural é simplesmente transliterado.

Como são os serafins?

A visão do profeta Isaías é a única fonte de informação sobre como são os serafins. No entanto, é difícil saber até que ponto a descrição feita pelo profeta deve ser interpretada como sendo simbólica ou literal.

Grande parte dos estudiosos entende que Isaías oferece uma representação simbólica dessas criaturas. Os serafins são caracterizados pelo profeta como tendo forma humana. Cada um dos serafins tinha seis asas. Com duas asas eles cobriam seus rostos; com outras duas cobriam os pés; e com as duas asas restantes eles voavam (Isaías 6:2).

Se esta descrição realmente tiver um caráter simbólico, então é possível que seu objetivo principal seja apontar para a extraordinária glória de Deus. A informação de que os serafins cobriam o rosto com duas asas, talvez simplesmente indique a pureza da glória e santidade de Deus; a ponto de que até mesmo os seres angelicais que servem diante do seu trono são incapazes de olhar diretamente para Ele.

O fato de os serafins cobrirem os pés com outras duas asas, pode ser que demonstre sua constante atitude de modéstia diante do Rei do Universo. Da mesma forma, as duas asas disponíveis usadas pelos serafins para voar talvez representem que eles estão sempre prontos a fazerem a vontade do Soberano Senhor.

Receber Estudos da Bíblia

O que os serafins fazem?

O profeta contemplou os serafins voando por cima do alto e sublime trono no qual Rei celestial se assenta (Isaías 6:1). Constantemente diante de Deus, os serafins louvam sua Majestade sem cessar. O profeta diz que incansavelmente os serafins clamavam uns para os outros, dizendo: “Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está repleta de sua glória” (Isaías 6:3). Essa ação de adoração era tão forte que o limiar do templo divino se abalava.

Esse texto de Isaías claramente indica que a função principal dos serafins é adorar diante do trono de Deus. Alguns intérpretes dizem que os serafins podem ser considerados como uma classe dos mais nobres anjos que assistem na presença de Deus dia e noite. Os serafins proclamam a santidade de Deus em tudo o que fazem. Em certo aspecto os serafins parecem ser uma classe de anjos relacionada aos querubins.

O profeta Isaías também indica uma função específica que talvez esteja relacionada ao provável significado da palavra hebraica serafim, “abrasadores”. Ele diz que um dos serafins voou em sua direção trazendo uma brasa viva tirada do altar com uma tenaz. Com a brasa ele tocou a boca do profeta e lhe disse: “Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniquidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado” (Isaías 6:7).

Então nesse contexto específico, os serafins aparecem como seres angelicais que desfrutam de um privilégio muito grande. Ao mesmo tempo em que eles servem exaltando o caráter de Deus diante de seu trono, também servem como agentes de purificação pelo fogo para que alguém possa se aproximar apropriadamente de Deus. Saiba mais sobre quem são os anjos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close