O Que Significa Paciência na Bíblia? O Que é Ser Paciente?

O significado de paciência na Bíblia envolve os conceitos de resistência, perseverança, bondade e condescendência. A palavra paciência na Bíblia traduz principalmente alguns termos gregos presentes no Novo Testamento, mas no Antigo Testamento a ideia da espera paciente também está presente.

Sem dúvida a paciência é uma virtude fundamental na vida daquele que foi regenerado pelo Espírito Santo. Um estudo bíblico sobre a paciência claramente revela sua importância na vida cristã.

Mas a verdadeira paciência não é uma qualidade que possui sua origem na natureza humana. Paulo, quando escreveu sobre o fruto do Espírito aos irmãos da Galácia, falou sobre a paciência como uma virtude produzida no crente pelo Espírito Santo (Gálatas 5:22).

Mas se por um lado a Bíblia enfatiza a necessidade de se ter um espírito paciente, por outro ela deixa claro que a falta da paciência resulta inevitavelmente em obras da carne, gerando dissensões, brigas e explosões de ira.

O significado de paciência na Bíblia

No Antigo Testamento as palavras hebraicas hul, qawa e ‘arek são traduzidas pelo menos três vezes de modo a indicar um espírito paciente ou a atitude de esperar pacientemente (Salmos 37:7; 40:1; Eclesiastes 7:8).

Já nos livros do Novo Testamento, pelo menos quatro termos gregos são traduzidos como paciência. O grego makrothumia, por exemplo, indica a qualidade de alguém em suportar um sofrimento prolongado ou uma intensa provocação, ou seja, é a qualidade de ser longânime e tardio em irar-se (Mateus 18:26,29; Gálatas 5:22). Esse termo pode ser traduzido também como “longanimidade”. É nesse sentido que essa palavra foi usada pelo apóstolo Paulo para se referir a uma qualidade de Deus (Romanos 2:4). O apóstolo Pedro também fez o mesmo em sua segunda epístola (2 Pedro 3:9).

Outro termo também traduzido como paciência é o grego hypomone. Essa palavra basicamente se refere à paciência demonstrada em circunstâncias difíceis. Então enquanto makrothumia está mais relacionado à virtude de uma pessoa, hypomone está relacionado à circunstância enfrentada por tal pessoa, e o modo como ela resiste à adversidade.

Esse é o termo utilizado por Tiago quando se refere a Jó, explicando que ele resistiu às aflições que lhe atingiram (Tiago 5:11). Esse tipo de paciência é diretamente o oposto da ansiedade, pois mantém a pessoa firme e inabalável em qualquer situação, pois de alguma forma ela possui esperança e segurança. A própria história de Jó é um exemplo claro desse tipo de comportamento.

O apóstolo Paulo, escrevendo a Timóteo, emprega outros dois termos que são traduzidos como paciência. O primeiro deles é a palavra epieikes, que expressa uma atitude bondosa, conciliadora, flexível, razoável e abnegada (1 Timóteo 3:2,3). O segundo termo é a palavra anexikakos, que literalmente fala sobre suportar ou resistir sob o mal (2 Timóteo 2:24).

O perigo da impaciência

Se a paciência pode proporcionar grandes benefícios, a impaciência gera uma série de problemas. A falta de paciência sempre leva alguém a grandes prejuízos; além de ser uma grande causa para o surgimento de discórdias, demonstrações de ira e dissensões.

Um dos casos de impaciência mais conhecido de toda a Bíblia pode se notado na história de Sara. Ao invés de esperar pacientemente na promessa do Senhor, ela se precipitou recorrendo a um antigo costume da Mesopotâmia, oferecendo então sua criada egípcia, Agar, a Abraão, para que com ela ele pudesse gerar um filho.

Quando Paulo fala aos gálatas sobre as práticas pecaminosas da velha natureza humana, ele menciona uma sequência de vícios, os quais estão intimamente ligados uns aos outros, como: inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões e facções (Gálatas 5:21). Sem dúvida a impaciência está intimamente ligada a esses comportamentos.

Receber Estudos da Bíblia

A importância de ser paciente

A paciência reflete a maturidade do caráter cristão. É verdade que muitas vezes nossa paciência é colocada a prova. Já falamos aqui sobre o exemplo de Jó, um homem íntegro que foi provado pelo próprio Deus.

O mesmo também pode ser dito de Abraão. Após ele enfrentar uma longa espera pelo cumprimento da promessa do Senhor em sua vida, foi provado quando lhe foi pedido seu filho Isaque em holocausto.

O cristão deve viver uma vida paciente, confiando que Deus está no controle de todas as coisas. O seguidor de Cristo deve sempre se lembrar do exemplo do agricultor dado por Tiago, que espera pacientemente pelo fruto que é precioso (Tiago 5:7-9).

Nenhum fruto aparece maduro pronto para colheita da noite para o dia. É preciso plantar a semente, e estar pronto para uma longa espera. Como escreveu o apóstolo Paulo, “não cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecidos” (Gálatas 6:9).

Hoje estamos vivendo no tempo do imediatismo, onde as pessoas vivem suas vidas no desespero da pressa. As pessoas tomam decisões erradas e agem de forma precipitada. Como seguidores de Cristo, regenerados pelo Espírito Santo, precisamos refletir em nossas vidas a paciência gerada pelo Espírito em nós. Como cidadãos do reino de Deus, devemos esperar com paciência, isto é, de forma perseverante e ativa, pois sabemos que a vinda de Cristo está próxima, e chegará o dia em que estaremos livres de toda provação e sofrimento.

3 comentários em “O Que Significa Paciência na Bíblia? O Que é Ser Paciente?”

  1. Quero louvar a Deus por esse estudo profundo e esclarecedor sobre paciência ,foi muito abençoada através dele,e tbm agradecer a Deus pela vida de vcs ,que se dispõe a abençoar tantas vidas trazendo a palavra de Deus.👏👏👏♥️♥️♥️♥️😇😇😇😇😇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close