Deleita-te no Senhor e Ele Concederá os Desejos do Teu Coração

A declaração “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração” significa que Deus cuida daqueles que encontram nele satisfação e contentamento (Salmo 37:4). O redimido pode regozijar-se no Senhor sabendo que nada poderá frustrar os propósitos Daquele que o chamou.

Mas é verdade que o versículo “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração” frequentemente é mal interpretado por muita gente. Normalmente essas pessoas colocam uma ênfase equivocada na parte final da sentença: “e Ele concederá o desejo do teu coração”.

De forma isolada, ao lermos esse versículo, à primeira vista parece até que Deus promete em atender todos os nos desejos. Por isso esse versículo tem sido utilizado em muitas pregações e campanhas sobre prosperidade. Usam esse verso como uma formula infalível, afinal, a frase é clara: “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração”. Mas a questão é: Quais desejos do coração são esses que o Senhor concede quando nos deleitamos nele?

Deleita-te no Senhor

Deleitar-se significa “ter prazer”, “satisfação” e “contentamento”. Quando o salmista diz “Deleita-te no Senhor” isso implica, em primeiro lugar, reconhecê-lo como único e verdadeiro Deus. Somente pode se deleitar no Senhor aquele que realmente compreende seu senhorio. Ele é o Deus criador e sustentador de todas as coisas. Ele governa a história segundo os seus propósitos soberanos.

Em segundo lugar, deleitar-se no Senhor implica em adorá-lo e glorificá-lo da forma apropriada. Isso inclui crer nele, meditar nele, lembrar-se dele, honrá-lo, amá-lo, desejá-lo e apreciá-lo sobre todas as coisas. Aquele que se deleita no Senhor tem zelo por Ele. Essa pessoa se entrega em total obediência e submissão à vontade do Senhor. Quem se deleita no Senhor confia e espera nele em tudo, e jamais sente prazer naquilo que ofende e transgride a sua Palavra.

Receber Estudos da Bíblia

Ele concederá o desejo do teu coração

O salmista Davi diz que o Senhor concede os desejos do coração daquele que se deleita nele. Mas engana-se quem pensa que isso significa qualquer tipo de desejo. Por isso o salmista primeiro diz: “Deleita-te no Senhor”. Esses desejos são desejos de um coração regenerado, submisso à vontade de Deus, esquadrinhado pela Palavra da Verdade, preocupado com a causa do reino de Deus e completamente devotado a Ele.

A declaração “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração” faz parte de um salmo que tem implicações escatológicas. Nele o salmista reflete sobre a sabedoria e faz um contraste entre o justo e o ímpio. O salmista percebe que a felicidade do ímpio é temporária.

Apesar de o homem perverso prosperar nesta terra, ele não desfrutará das bênçãos vindouras reservadas para os justos. Muitas vezes o povo de Deus é oprimido pelos ímpios (Salmo 37:12-15). Mas diferentemente do ímpio, aquele que se deleita no Senhor receberá uma bênção eterna (Salmo 37:18). É nisto que consiste os desejos de seu coração.

Portanto, a declaração “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração” nada tem a ver com prosperidade terrena. Na verdade uma interpretação materialista da declaração “Ele concederá os desejos do teu coração” é insignificante comparada à verdadeira promessa feita nesse verso.

Os desejos do coração que se deleita no Senhor

Os desejos do coração do justo não são terrenos; não são supérfluos e muito menos passageiros; não são como os desejos do coração do ímpio. Os desejos do coração do justo são muito mais excelentes e elevados. Os desejos do coração daqueles que se deleitam no Senhor se resumem a uma única esperança. Eles aguardam ansiosamente pelo Dia do Senhor! Nesse dia os ímpios receberão o pagamento pelas suas injustiças, e os justos serão declarados inocentes pelos méritos de Cristo (cf. Tito 3:7).

Por isso o salmista diz: “Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente” (Salmo 37:6). Somente pela obra de Jesus Cristo pecadores podem ser declarados justos. Aqueles que foram perseguidos e oprimidos pelos ímpios nesta terra, e sofreram grande tribulação como se tudo fosse ficar impune, terão seus desejos atendidos. Isso porque esses desejos refletem o propósito soberano de Deus.

Os justos que se deleitaram no Senhor enquanto perseguidos neste mundo, tão logo continuarão, glorificados, a se deleitarem n’Ele por toda a eternidade no novo céu e nova terra. Por causa do extraordinário dom da graça de Deus, a declaração “Deleita-te no Senhor, e Ele concederá os desejos do teu coração” é uma promessa maravilhosa e real.

1 comentário em “Deleita-te no Senhor e Ele Concederá os Desejos do Teu Coração”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close