O Que a Bíblia Diz Sobre o Fim Dos Tempos?

O fim dos tempos será marcado pelo retorno de Cristo e o julgamento final. Nesse dia ocorrerá o fim do mundo como o conhecemos, e os homens e os anjos caídos terão de comparecer diante do tribunal de Deus. A Bíblia diz que no final dos tempos a presente era será encerrada, dando lugar ao estado eterno.

Curiosamente a maioria das religiões acredita numa ideia de fim dos tempos. Diferentes crenças anunciam o conceito de um tipo de ajuste de contas que ocorrerá no final da presente história da humanidade. Todavia, somente a Bíblia nos fornece as informações realmente confiáveis acerca de como será o fim dos tempos.

Quando será o fim dos tempos?

A Bíblia não diz exatamente quando será o fim dos tempos. Mesmo assim muitas pessoas têm tentado especular inutilmente uma data para o fim do mundo. Jesus Cristo falou sobre isso, e disse que o dia de seu retorno, e consequentemente do fim dos tempos, pertence somente ao Pai (Mateus 24:36).

Isso significa que o dia do final dos tempos já está determinado por Deus e acontecerá de acordo com seus propósitos soberanos. Portanto, qualquer pessoa que se levantar dizendo saber quando será o final dos tempos, é mentirosa.

Mas é interessante saber que a Bíblia Sagrada designa o período subsequente ao ministério terreno de Jesus como já sendo “os últimos dias” (cf. Atos 2:17; 2 Timóteo 3:1; 2 Pedro 3:3; 1 João 2:18; Judas 1:18).

Jesus veio trazer o reino de Deus, e com sua morte e ressurreição Ele deu inaugurou o estágio final da história da redenção. Em seu sermão escatológico, Jesus também comparou esses últimos dias ao trabalho de parto de uma gestante (Mateus 24,25; Marcos 13). Então Ele falou sobre o princípio das dores, um tempo em que haveria alguns sinais que apontariam para o fim, mas que ainda não seria o final dos tempos.

Jesus falou que nesse tempo o Evangelho seria pregado por todo o mundo. Disse também que muitos falsos profetas e impostores que alegariam ser o próprio Cristo, apareceriam. Além disso, Jesus avisou que haveria guerras e desastres naturais, e que a Igreja seria perseguida.

Assim como as contrações aumentam numa gestação, esses sinais também deverão aumentar à medida que o fim dos tempos se aproxima. No período que antecede imediatamente o final dos tempos, Jesus disse que ocorrerá uma grande tribulação nunca vista na História da humanidade. É nesse período também que o sistema iníquo será liderado pelo Anticristo (cf. 2 Tessalonicenses 2:3).

Os eventos do fim dos tempos

Como já foi dito, no fim dos tempos Jesus voltará. Com grande glória e poder, Ele virá buscar o seu povo e consumar todas as coisas (Atos 1:11; Apocalipse 1:7). O apóstolo Paulo diz que esse momento será glorioso e ao mesmo tempo inexplicável (1 Tessalonicenses 4:16,17). Isso porque os mortos ressuscitarão, e os que estiverem vivos terão seus corpos transformados. Então o que é mortal e corruptível será revestido de incorruptibilidade e imortalidade (1 Coríntios 15:51-54).

Aqui vale saber que não são apenas os santos que serão ressuscitados, mas os ímpios também. Por isso o profeta Daniel escreve que uns ressuscitarão para a vida eterna e outros para a vergonha e desprezo eterno (Daniel 12:2). Ninguém poderá escapar do juízo de Deus!

É verdade que existem diferentes interpretações escatológicas acerca de como será a cronologia do fim dos tempos. Mas todas elas concordam que haverá o retorno de Cristo e o juízo final, onde ficará claro o destino eterno de todas as pessoas e também dos anjos que pecaram contra Deus.

Diversas parábolas de Jesus falam desse momento. Numa delas nosso Senhor diz que haverá a separação das ovelhas e dos bodes (Mateus 25:31-46); e em outra Ele fala sobre distinção final entre o joio e o trigo (Mateus 13:24-30; 36-43). O trigo será recolhido no celeiro, enquanto o joio será definitivamente queimado.

Todas essas parábolas usam uma linguagem figurada para falar da realidade da separação entre os redimidos e os ímpios que ocorrerá no fim dos tempos. Os redimidos entrarão na bem aventurança de Deus, onde habitaram com Ele por toda eternidade. Já os ímpios serão lançados no inferno, onde juntamente com os anjos caídos serão punidos por seus pecados eternamente (cf. Apocalipse 20).

Receber Estudos da Bíblia

O impacto do fim dos tempos no Universo

O apóstolo Pedro também escreveu sobre o fim dos tempos. Ele diz que o Universo passará por uma profunda transformação purificadora, ficando livre dos efeitos do pecado. Então haverá novos céus e nova terra, em que habita a justiça (2 Pedro 3:12,13).

Esse será o lar daqueles que foram justificados por Cristo Jesus mediante sua obra expiatória. Numa linguagem simbólica, o apóstolo João fala sobre a beleza indescritível desse novo lar que será a habitação de Deus com seu povo (Apocalipse 21).

Mas aqueles que rejeitaram o Filho de Deus também terão suas moradas eternas; mas num lugar de choro e ranger de dentes. Após o fim dos tempos, enquanto os salvos viverão toda a eternidade desfrutando da presença amorosa e graciosa de Deus, os ímpios viverão para sempre diante da presença da justiça Divina em toda sua ira, que exige a punição pelo pecado. Por isso o fim dos tempos é reconfortante para os salvos, e ao mesmo tempo aterrorizante para os ímpios.

Se você quer saber mais acerca do que a Bíblia diz sobre o fim dos tempos, preparamos um material especial para você. Conheça aqui.

1 comentário em “O Que a Bíblia Diz Sobre o Fim Dos Tempos?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close