A História do Apóstolo André

O Apóstolo André foi um dos doze discípulos de Jesus. Seu nome é de origem grega, e significa “valente” ou “viril”. Alguns intérpretes sugerem que o nome “André” possa ter sido um “nome cristão”, da mesma forma que o nome “Pedro”.

André era irmão de Simão Pedro, outro Apóstolo de Jesus, e filho de João ou Jonas, isso porque não se sabe exatamente se ambos os nomes, Jonas e João, referem-se a duas formas gregas do mesmo nome hebraico ou a dois nomes distintos do pai de André e Pedro. No Evangelho de Mateus (16:17), Jesus chamou Pedro, irmão de André, de Barjonas, que em aramaico significa “filho de Jonas“, entretanto no Evangelho de João (1:42; 21:15,17) o nome do pai de André e Pedro aparece como “João”.

A escolha do Apóstolo André

O Apóstolo André era nativo de Betsaida, na Galiléia (Jo 1:44), mas posteriormente viveu em Cafarnaum, onde, juntamente com seu irmão, trabalhava como pescador (Mt 4:18). André primeiramente foi discípulo de João Batista (Jo 1:35-40), o qual lhe mostrou Jesus como o Cordeiro de Deus, e André, por sua vez, também trouxe seu Simão, seu irmão, a Jesus (Jo 1:35-40).

Mais tarde, talvez depois de aproximadamente um ano após esse episódio, Jesus chamou André e seu irmão Simão para se tornarem seus discípulos de forma integral, ou seja, deixariam a profissão de pescador e se tornariam pescadores de homens (Mc 1:16-18; Mt 4:18-20), compondo o grupo dos Doze Apóstolos de Jesus (Mt 10:2; Mc 3:18; Lc 6:8,9; At 1:13). Tão logo após terem sido escolhidos pelo Mestre, eles já puderam presenciar o ensino extraordinário de Jesus e Seu poder sobrenatural para curar (Mc 1:21-39).

Na passagem sobre a multiplicação de cinco pães e dois peixes, podemos vê-lo em ação, juntamente com Filipe, que também era de sua terra natal (Jo 6:6-9). O Apóstolo André também aparece ao lado de Filipe em Jerusalém, na última Páscoa, no episódio em que certos gregos queriam se encontrar com Jesus (Jo 12:20-22).

Geralmente o Apóstolo André é menciona entre os quatro primeiros discípulos, entretanto em algumas ocasiões ele não é citado, sendo, na ressurreição da Filha de Jairo (Mc 5:37; Lc 8:51), na transfiguração de Jesus (Mt 9:2; Lc 9:28) e na oração de Jesus no Getsêmani (Mc 14:33).

Alguns questionamentos são levantados acerca de tais ausências. Há quem defenda que ele seria mais jovem do que seu irmão Pedro e os filhos de Zebedeu, sendo então preterido nessas ocasiões. Outros argumentam que André possa ter sido designado por Jesus como o líder do restante dos apóstolos.

No Sermão Escatológico de Jesus, André, ao lado de Pedro, Tiago e João, pediu que Jesus explicasse de maneira mais detalhada acerca da profecia do julgamento que viria sobre Jerusalém (Mc 13:3,4).

As últimas referências que temos sobre o Apóstolo André na Bíblia são encontradas no livro de Atos dos Apóstolos. Em Atos 1:3, temos uma citação direta de seu nome em companhia dos outros apóstolos após a ascensão de Jesus. Já em Atos 6:2, novamente entende-se que André é citado, porém de forma indireta, ou seja, apenas compondo o grupo dos Doze.

Receber Estudos da Bíblia

Relatos extra-bíblicos sobre André

Considerando as referências do livro de Atos dos Apóstolos (1:3; 6:2; 8:1), podemos concluir que o Apóstolo André desempenhava um papel ativo na Igreja Primitiva. Porém, a Bíblia não nos fornece mais nenhum outro detalhe sobre ele. Ainda assim, muitas coisas são ditas sobre o Apóstolo André em relatos extra-bíblicos.

Algumas tradições cristãs afirmam que o Apóstolo André pregou em Cíntia e Partia, regiões próximas ao Mar Negro. Devido a tais tradições que recuam até Orígenes, o Apóstolo André têm sido fortemente ligado à igreja russa. Também se afirma que o Apóstolo André teria exercido seu ministério durante um tempo em algumas regiões da Ásia Menor.

Ainda segundo as tradições, o Apóstolo André teria sofrido martírio em Acaia, após ter evangelizado a esposa do Procônsul local, sendo crucificado em um tipo de cruz chamada “crux decussata“, que trata-se de uma cruz em forma de “X”, popularmente conhecida por conta dessa tradição como “Cruz de Santo André“.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

2 Comentários

  1. Fantástico, estou pensando em colocar o nome André em meu filho e gostaria de saber mais sobre este apóstolo, por isso cheguei aqui. Muito interessante. Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar