O Que Significa Fidelidade na Bíblia?

Fidelidade significa basicamente “lealdade”, e é a atitude característica de quem é fiel e confiável. O significado da palavra fidelidade na Bíblia apresenta algumas dificuldades pelo fato de que ela traduz a raiz grega que geralmente é traduzida pela palavra “fé”.

Com base nessa dificuldade, se faz necessário o exame do contexto em que tal termo aparece para que seja possível definir qual a melhor tradução. A seguir, entenderemos um pouco melhor esse conceito.

A palavra fidelidade na Bíblia

No Antigo Testamento a palavra fidelidade pode ser uma tradução possível para o termo hebraico ‘emunah, que significa “certeza” ou “fidelidade”, como por exemplo, conforme foi utilizado pelo profeta Habacuque em seu livro (Hc 2:4).

No Novo Testamento a palavra fidelidade traduz o termo grego pistis, “fidelidade”, “lealdade” ou “confiabilidade”, em Tito 2:10. Essa palavra grega é amplamente utilizada pelos escritores neotestamentários, e na maioria das vezes é traduzida corretamente como “fé”, e o adjetivo pistos geralmente é traduzido como “fiel”.

Na Epístola aos Gálatas, o apóstolo Paulo utilizou esse mesmo termo grego para se referir a uma das virtudes do fruto do Espírito Santo (Gl 5:22).

Receber Estudos da Bíblia

Nesse caso, a palavra “fidelidade”, ao invés de “fé”, é a melhor tradução para o termo grego, principalmente pela forma com que é apresentada em conexão com as palavras “benignidade” e “bondade”.

Também vale ressaltar que o contexto da epístola demonstra a queixa do apóstolo pela falta de fidelidade que alguns dos gálatas tinham demonstrado (cf. Gl 4:16).

Então, como um aspecto do fruto do Espírito, a palavra fidelidade se refere, principalmente, a fidelidade a Deus e ao Evangelho, e, consequentemente, a lealdade de uns para com os outros.

Alguns intérpretes também defendem a possibilidade de que em Lucas 18:8, 1 Timóteo 6:11 e 2 Timóteo 2:22 o termo grego também deva ser traduzido como “fidelidade”, já que essa tradução parece se harmonizar melhor ao contexto de tais passagens.

Embora a palavra “fidelidade” não apareça explicitamente como uma tradução frequente dos termos originais bíblicos, a ideia da fidelidade que deve ser característica da conduta cristã pode ser encontrada por toda a Escritura.

Devemos ser fiéis a Cristo e ao seu Evangelho, bem como demonstrarmos lealdade e confiabilidade no trato com o próximo.

A fidelidade de Deus

A palavra fidelidade também é empregada em relação a Deus, como por exemplo, em Romanos 3:3. Nessa passagem, Paulo escreveu sobre a “fidelidade de Deus” que não pode ser anulada pela infidelidade humana, expressando assim a própria justiça de Deus, ou seja, a fidelidade de Deus é um conforto para os fiéis ao mesmo tempo em que é ruína para os infiéis, porque assim como Deus é fiel a suas promessas, Ele também é fiel aos seus avisos de juízo.

Dessa forma, podemos entender que a fidelidade é um dos atributos morais de Deus, de modo que tudo que provém dele é verdadeiro e infalivelmente confiável (Hb 10:23).

A fidelidade como uma qualidade de Deus está também ligada a outro de seus atributos: a imutabilidade. Deus é imutável, ou seja, Ele é sempre o mesmo (Ml 3:6; Hb 13:8). Conforme Tiago escreveu, em Deus “não pode existir variação, ou sombra de mudança” (Tg 1:17).

Deus não muda seu ser, seus propósitos eternos, sua palavra e suas promessas (Nm 23:19; Sl 102:26,27). No Antigo Testamento, por exemplo, encontramos passagens onde Deus é chamado de “Rocha”, uma expressão metafórica para se referir ao caráter inabalável de Deus (Dt 32:4,15,18).

Como Deus é imutável, sua fidelidade nos encoraja e nos conforta, de modo que sempre podemos confiar que suas promessas nunca falharão, e que sua aliança é inviolável (Dt 7:9; Ml 3:16; 2Tm 2:13).

A imutabilidade de Deus é um de seus atributos incomunicáveis, ou seja, um atributo que Ele não compartilha ou transmite a ninguém, mas a fidelidade como uma qualidade do caráter divino pode ser refletida na conduta daqueles que são guiados pelo Espírito, não por seus próprios méritos, mas porque o Espírito Santo produz neles a virtude da fidelidade (Gl 5:22).

Como resultado disso, esses homens de fé possuem conduta exemplar, são confiáveis, defendem o que é correto e justo, e demonstram uma lealdade tal para com a causa do reino de Deus que, se necessário, enfrentam até mesmo o martírio (Ap 2:10).

Essas pessoas compreendem que o fortalecimento que precisam para perseverarem e vencerem as mais duras aflições dessa vida está fundamentado na fidelidade do Senhor, que é fiel para perdoar os pecados e purificar da injustiça (cf. 1Co 10:13; 1Ts 5:24; 1Jo 1:9; 1Pe 4:19).

Tag
Artigos relacionados

2 comentários em “O Que Significa Fidelidade na Bíblia?”

  1. A Paz do Senhor meu irmão !
    Muito obrigado pelos estudos aqui postados!
    So queria informar algo,no Estudo O que significa fidelidade ?Tem uma referência bíblica que o irmão colocou que ñ existe que foi em Tito 2:20
    Que Deus o abençoe sempre !

    1. Paz do Senhor Jesus Leandra,

      Obrigado pelo aviso, foi um erro de digitação que já foi corrigido. A referência correta é Tito 2:10.

      Deus abençoe sua vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close