O Que é Santa Convocação na Bíblia?

Na Bíblia, uma santa convocação se refere a uma assembleia sagrada que ocorria em Israel. Durante uma santa convocação, o povo israelita tinha de se dedicar unicamente ao serviço do Senhor. Isso significa que nesses dias sagrados, nenhum trabalho era permitido em Israel.

Especialmente no Antigo Testamento, há vários versículos que mencionam as santas convocações que reuniam à comunidade da aliança perante o Senhor. Essas datas solenes começaram a ser observadas pelo povo desde o tempo de peregrinação no deserto antes de entrarem em Canaã.

A origem da santa convocação

A origem da santa convocação é explicada na Bíblia no Pentateuco. Ainda no livro de Êxodo, no contexto da instituição da observância da Páscoa após o livramento do povo israelita do Egito, o texto bíblico registra que o primeiro e o sétimo dia da celebração da Páscoa do Senhor, seriam santas convocações. Depois, outras datas foram estabelecidas por Deus como santas convocações para os israelitas.

Inicialmente, durante o tempo em que os filhos de Israel estavam caminhando ruma à Terra Prometida, parece que em cada santa convocação todos os homens israelitas compareciam ao Tabernáculo, que era o santuário móvel que ficava no meio do acampamento das tribos de Israel.

Mas depois que os israelitas se estabeleceram em Canaã e fixaram seu santuário num lugar específico, os israelitas tinham de comparecer ao santuário em apenas três convocações sagradas durante o ano. Isso quer dizer que os homens israelitas adultos compareciam ao Templo em Jerusalém durante às festividades da Páscoa (em conexão com a Festa dos Pães Asmos), do Pentecostes e dos Tabernáculos. As outras santas convocações deveriam ser observadas onde cada família israelita vivia.

Quais eram as santas convocações?

Levítico 23 é o texto bíblico que menciona de forma mais detalhada as convocações santas em Israel. Nesse capítulo, encontramos uma lista das festividades do Senhor que foram proclamadas aos israelitas como santas convocações (Levítico 23:2).

De acordo com essa lista, as santas convocações estabelecidas foram:

  • O sábado do descanso semanal (Levítico 23:2);
  • O primeiro e o sétimo dia da celebração da Páscoa associada à Festa dos Pães Asmos (Levítico 23:4-8);
  • O Dia de Pentecostes (Levítico 23:21);
  • O primeiro dia do sétimo mês na Festa das Trombetas (Levítico 23:23-25);
  • O décimo dia do sétimo mês no Dia da Expiação (Levítico 23:26-32);
  • O décimo quinto dia e o vigésimo segundo dia do sétimo mês na Festa dos Tabernáculos (Levítico 23:33-36).
Receber Estudos da Bíblia

O que acontecia durante uma santa convocação?

Durante a santa convocação, os filhos de Israel não podiam executar nenhum trabalho. Somente era permitida a preparação das refeições (cf. Êxodo 12:16). Nesses dias solenes, ofertas também eram oferecidas ao Senhor, como as ofertas queimadas, as ofertas de manjares e libação (cf. Números 28:8-26).

O grande propósito de uma santa convocação era juntar o povo da aliança perante à presença de Deus; era fazer o povo descansar de suas obras diárias e se atentar para os atos poderosos do Senhor. Nesse sentido, uma santa convocação servia como um tipo de antecipação da exultação que haverá durante o grande dia do descanso final do povo de Deus em seu reino de glória.

No Novo Testamento, o significado mais profundo dessas convocações solenes foi cumprido em Cristo, que através de sua obra redentora garantiu ao seu povo redimido o direito de poder desfrutar de uma eternidade inteira na presença de Deus no repouso celestial.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar